• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Pelo WhatsApp, menina pede socorro à irmã após ser estuprada pelo próprio pai

Por Redação Rápido no Ar
Uma adolescente, de 13 anos, usou o aplicativo WhatsApp para pedir socorro para irmã, após ser estuprada pelo próprio pai, em São Vicente, no litoral paulista. Segundo a menina, ela teria sofrido abusos sexuais por diversas vezes, chegando a ser drogada pelo homem, de 47 anos.

Nas mensagens a menina relata que os abusos são frequentes e ela implora para ir morar com irmã. Se você quiser, te ajudo a pagar o aluguel, água, mas por favor me tira daqui”, traz um trecho da conversa.

Segundo a Polícia Civil, o homem morava com a menina e outros dois filhos, de 14 e 10 anos. A irmã da adolescente, que recebeu as mensagens com pedido de socorro, mora em São José do Rio Preto (SP) e foi até o litoral buscá-los.

A adolescente morava sozinha com os dois irmãos e o pai no bairro do Catiapoã. A mãe teria deixado a casa e eles não teriam mais contato com ela.

O pedido de socorro teria sido feito em setembro e pouco antes da irmã mais velha chegar na casa da vítima, o pai teria saído de lá dizendo que iria embora e não foi mais localizado.

Ela levou os irmãos para São José do Rio Preto e procurou a Polícia Civil para denunciar o caso. Na delegacia a menina contou que foi drogada pelo pai várias vezes, para facilitar os abusos. Inicialmente ele passava a mão pelo seu corpo, mas depois tirava a roupa e cometia o ato sexual. Veja o apelo:


Segundo a jovem, a polícia não pode procurá-lo ou acusá-lo de culpado porque não existe provas materiais. Na delegacia, a polícia pediu exames de corpo delito e encaminhou a vítima para a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher).

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o homem é investigado por estupro de vulnerável e que as investigações seguem para esclarecer o caso.

Pelo WhatsApp, menina pede socorro à irmã após ser estuprada pelo próprio pai

Por Redação Rápido no Ar
Uma adolescente, de 13 anos, usou o aplicativo WhatsApp para pedir socorro para irmã, após ser estuprada pelo próprio pai, em São Vicente, no litoral paulista. Segundo a menina, ela teria sofrido abusos sexuais por diversas vezes, chegando a ser drogada pelo homem, de 47 anos.

Nas mensagens a menina relata que os abusos são frequentes e ela implora para ir morar com irmã. Se você quiser, te ajudo a pagar o aluguel, água, mas por favor me tira daqui”, traz um trecho da conversa.

Segundo a Polícia Civil, o homem morava com a menina e outros dois filhos, de 14 e 10 anos. A irmã da adolescente, que recebeu as mensagens com pedido de socorro, mora em São José do Rio Preto (SP) e foi até o litoral buscá-los.

A adolescente morava sozinha com os dois irmãos e o pai no bairro do Catiapoã. A mãe teria deixado a casa e eles não teriam mais contato com ela.

O pedido de socorro teria sido feito em setembro e pouco antes da irmã mais velha chegar na casa da vítima, o pai teria saído de lá dizendo que iria embora e não foi mais localizado.

Ela levou os irmãos para São José do Rio Preto e procurou a Polícia Civil para denunciar o caso. Na delegacia a menina contou que foi drogada pelo pai várias vezes, para facilitar os abusos. Inicialmente ele passava a mão pelo seu corpo, mas depois tirava a roupa e cometia o ato sexual. Veja o apelo:


Segundo a jovem, a polícia não pode procurá-lo ou acusá-lo de culpado porque não existe provas materiais. Na delegacia, a polícia pediu exames de corpo delito e encaminhou a vítima para a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher).

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o homem é investigado por estupro de vulnerável e que as investigações seguem para esclarecer o caso.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!