Homem é acusado de estuprar a enteada em Cordeirópolis

Um ajudante de pintor, de 37 anos, foi detido pela Guarda Civil Municipal de Cordeirópolis (SP) após ser acusado por sua companheira de ter estuprado sua enteada, de 4 anos. A menina relatou à mãe o assédio que teria sofrido na tarde de domingo (12), no Barreirinho.

Segundo a mulher relatou aos guardas, a criança disse ter algo a lhe contar sobre homem, mas não queria que brigasse com ele. A criança é filha de um outro relacionamento, mas convive com o homem desde que nasceu, o tratando como pai. A menina contou à mãe que o homem teria passado seu órgão genital em suas nádegas.

Diante da informação a mulher conta que agrediu o homem com um soco e um tapa no rosto e chamou seu irmão, morador de outro bairro, para retirar a criança da casa enquanto ela acionava a GCM. Populares teriam ficado sabendo da informação e queriam agredir o homem, que se escondeu dentro de casa.

O homem foi levado ao Plantão Policial de Limeira (SP), onde a ocorrência foi registrada. Ele acabou sendo liberado, por falta de prova, já que não havia sido emitido um laudo médico da criança, e pela impossibilidade de o ouvir formalmente na presença de um advogado devido ao horário. Ainda assim, ele deve responder por estupro de vulnerável.

Compartilhe!