• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Saúde reforça alerta para evitar a gripe em Limeira

Por Redação Rápido no Ar
Com a chegada do inverno, a Divisão de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Limeira alerta a população sobre a adoção de medidas de prevenção contra a gripe. Neste ano, já foram notificados no município 28 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Desse total, houve uma confirmação para influenza A e outras três para H1N1 – sendo que um caso evoluiu a óbito. Nove ocorrências ainda aguardam resultado de exames laboratoriais.

Segundo a coordenadora da Divisão, Amélia Maria P. da Silva, a incidência de gripe e doenças respiratórias são maiores no inverno devido à combinação de dois fatores: baixa umidade e resfriamento do ar. “Com o frio, as pessoas tendem a ficar em ambientes muito fechados, a ventilação diminui, facilitando a transmissão de vírus e bactérias”, frisou.

Para evitar a propagação desses agentes, a coordenadora faz algumas recomendações, como manter ambientes limpos e ventilados, lavar bem as mãos com água e sabão ou usar álcool gel; proteger a boca e o nariz com lenço de papel sempre que tossir ou espirrar; e evitar ambientes aglomerados - principalmente quando houver registros confirmados de casos. “É importante também evitar tocar os olhos e a boca sem que as mãos estejam adequadamente limpas”, frisou.
Dias 9 e 10

Além das medidas acima, Amélia ressalta que a vacinação contra gripe para os grupos prioritários é fundamental. “A vacinação é importante pois contém os três sorotipos causadores dos casos mais graves de influenza (H1N1; H3N2 e Influenza B) e tem por objetivo reduzir as complicações causadas pela gripe”. Ela observou, ainda, que a vacina reduz as internações hospitalares e os óbitos em decorrência de casos graves. “Quando houver suspeita, o paciente deve procurar atendimento médico o mais rápido possível”, completou.

A campanha contra gripe vai até sexta-feira (15). De acordo com último balanço da Divisão, foram vacinadas 50.616 pessoas, o que representa 84,2% da meta. O procedimento é indicado para idosos de 60 anos ou mais; crianças de 6 meses a menores de 5 anos; gestantes em qualquer fase da gestação; puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), trabalhadores da saúde; pessoas com doenças crônicas; indígenas; pessoas privadas de liberdade; jovens de 12 até 21 anos que cumprem medidas socioeducativas e professores.

Confira os locais de vacinação, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h e das 12h30 às 16h.

Saúde reforça alerta para evitar a gripe em Limeira

Por Redação Rápido no Ar
Com a chegada do inverno, a Divisão de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Limeira alerta a população sobre a adoção de medidas de prevenção contra a gripe. Neste ano, já foram notificados no município 28 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Desse total, houve uma confirmação para influenza A e outras três para H1N1 – sendo que um caso evoluiu a óbito. Nove ocorrências ainda aguardam resultado de exames laboratoriais.

Segundo a coordenadora da Divisão, Amélia Maria P. da Silva, a incidência de gripe e doenças respiratórias são maiores no inverno devido à combinação de dois fatores: baixa umidade e resfriamento do ar. “Com o frio, as pessoas tendem a ficar em ambientes muito fechados, a ventilação diminui, facilitando a transmissão de vírus e bactérias”, frisou.

Para evitar a propagação desses agentes, a coordenadora faz algumas recomendações, como manter ambientes limpos e ventilados, lavar bem as mãos com água e sabão ou usar álcool gel; proteger a boca e o nariz com lenço de papel sempre que tossir ou espirrar; e evitar ambientes aglomerados - principalmente quando houver registros confirmados de casos. “É importante também evitar tocar os olhos e a boca sem que as mãos estejam adequadamente limpas”, frisou.
Dias 9 e 10

Além das medidas acima, Amélia ressalta que a vacinação contra gripe para os grupos prioritários é fundamental. “A vacinação é importante pois contém os três sorotipos causadores dos casos mais graves de influenza (H1N1; H3N2 e Influenza B) e tem por objetivo reduzir as complicações causadas pela gripe”. Ela observou, ainda, que a vacina reduz as internações hospitalares e os óbitos em decorrência de casos graves. “Quando houver suspeita, o paciente deve procurar atendimento médico o mais rápido possível”, completou.

A campanha contra gripe vai até sexta-feira (15). De acordo com último balanço da Divisão, foram vacinadas 50.616 pessoas, o que representa 84,2% da meta. O procedimento é indicado para idosos de 60 anos ou mais; crianças de 6 meses a menores de 5 anos; gestantes em qualquer fase da gestação; puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), trabalhadores da saúde; pessoas com doenças crônicas; indígenas; pessoas privadas de liberdade; jovens de 12 até 21 anos que cumprem medidas socioeducativas e professores.

Confira os locais de vacinação, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h e das 12h30 às 16h.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!