Satélites da Starlink de Elon Musk formam um cordão de luz e chamam atenção no céu de Limeira

Na noite de sexta-feira (7), moradores de Limeira relataram terem visto luzes estranhas no céu. O fenômeno chamou a atenção e alimentou as teorias da conspiração em torno dos famosos OVNIs.

Em um vídeo enviado por Leandro Ramos para a equipe do Rápido no Ar, é possível ver uma fileira de luzes cortando o céu de Limeira.

No entanto, especialistas afirmam que as luzes são os satélites Starlink, da SpaceX, que buscam criar uma rede para que, no futuro, ofereçam internet para todo o mundo. Segundo Elon Musk, CEO da empresa, os satélites orbitam há uma altura que pode variar de 350 a 1.150 quilômetros em relação à superfície da Terra, e por isso podem ser vistos facilmente. Assista:

O último carregamento de satélites enviado pela Space X, a órbita da Terra chegou ao destino com sucesso — e você poderá observá-los nas próximas semanas. A terceira frota Starlink conta com 60 minissatélites e pode ser vista do Brasil sob as condições ideais, como a que foram apresentadas na noite de hoje.

Eventos semelhantes a estes foram registrados em outras partes do mundo durante o mês de maio. Na ocasião, também foi alegado que se tratavam dos satélites.

Projeto Starlink

Alon Musk planeja levar ao espaço milhares de satélites para transmitir internet de banda larga para o mundo todo. Em maio de 2019, a empresa lançou 60 satélites para formar a mega constelação Starlink, que pode contar com até 42 mil satélites.

Para isso, a companhia pediu recentemente aos reguladores dos EUA permissão para reorganizar sua constelação, de modo que menos satélites possam cobrir um território maior, conforme documentos apresentados à Comissão Federal de Comunicações. Serão até 24 missões espaciais dedicadas exclusivamente ao transporte de satélite.

Elon Musk

Elon Reeve Musk, nascido em 28 de junho de 1971 filho de Maye Musk e Errol Musk, é empreendedor e filantropo nascido na África do Sul. Em 1989 obteve a nacionalidade canadense e em 2002 a americana, onde atualmente vive. Casou-se duas vezes, com Justine Musk pela primeira vez e com Talulah Riley pela segunda vez, divorciando-se em 2016 e tendo 6 filhos (um deles não sobreviveu).

Musk obteve sua dois diplomas de bacharelado no ano de 1997: física pela Universidade de Pensilvânia e economia pela Wharton School of Business. Em 1995 mudou-se para a Califórnia para iniciar um programa de doutorado em física aplicada e ciência de materiais na Universidade de Stanford, mas rapidamente o abandonou para dedicar-se a seus interesses empresariais.

Sua primeira empresa foi criada aos 11 anos ainda na África do Sul, vendida em pouco tempo por US$ 500. Sua primeira empresa em solo americano foi a Zip2, criadora de conteúdo para portais, que garantiu o capital de US$ 307 milhões de dólares (e US$ 34 milhões em ações) após sua venda para a Compaq. No mesmo ano, Elon Musk criou a X.com, uma empresa de pagamentos que, após a fusão com a Confinity, deu origem ao PayPal, que recebeu esse nome em 2001.

Em 2002 o PayPal foi comprado pelo eBay por US$ 1,5 bilhão, rendendo US$ 165 milhões para Elon Musk, capital essencial para a fundação da Space Exploration Technologies, conhecida como SpaceX, no mesmo ano. No ano seguinte temos a fundação da Tesla Inc, que tem o foco não apenas em produzir carros elétricos, como o Roadster, mas também em soluções de armazenamento de energia.

Outros projetos de Elon Musk incluem o SolarCity (2006), focado em produzir soluções de energia solar, que se tornou subsidiária da Tesla em 2016, e o Hyperloop (2013) que promete transporte em alta velocidade, chegando a impressionantes 1200 km/h. Temos também a OpenAI (2015), empresa de inteligência artificial, The Boring Company e Neuralink, ambas em 2016.

Compartilhe!