• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Outubro Rosa

Por Sophia Rodovalho
Já falamos do Setembro Amarelo, de sua importância, do quanto a atenção e o cuidado com a saúde mental salvam vidas e este mês, deveremos focaremos na PREVENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA.

O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama e foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

De acordo com a Veja Saúde, “A mensagem original do Outubro Rosa se voltava para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama. E sim: até hoje isso segue muito importante, até porque dados do Instituto Nacional de Câncer estimam 66 280 novos casos só em 2020. Mas, atualmente, esse mês também serve para reforçar medidas que melhoram a vida das mulheres que já sofrem com a doença. Além disso, dá a oportunidade de discutirmos a saúde feminina como um todo.”

O “Outubro Rosa 2020” tem como tema “Quanto antes melhor”, a ideia é chamar a atenção das mulheres para a adoção de um estilo de vida saudável no dia a dia, com a prática de atividades físicas e boa alimentação para evitar doenças, entre elas, o câncer de mama.

A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) oferece algumas dicas de hábitos para uma rotina saudável, que pode ajudar na prevenção ao Câncer de Mama:

1) Alimente-se bem e não fique muito tempo sem comer, ou seja, prefira comer de três em três horas, em pequenas quantidades, sempre priorizando os alimentos naturais e evitando os alimentos industrializados.

2) Evite o excesso de gorduras e carboidratos simples, como açúcar adicionado aos alimentos, doces, sucos de caixinha ou saquinho, refrigerantes, pão branco, macarrão, sempre preferindo as opções integrais.

3) Procure ingerir proteínas de boa qualidade, principalmente frutas, legumes e verduras por serem fontes de vitaminas e minerais essenciais e ricas em fibras que ajudam na saciedade e no funcionamento adequado do intestino.

4) Pratique exercícios físicos durante a semana. O ideal são 150 minutos de atividades físicas moderadas ou 75 minutos de atividades vigorosas divididas pelos dias da semana.

5) Planeje o seu dia alimentar e tente segui-lo.





A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) quer reforçar que há muita vida após o câncer de mama e que o cuidado com a saúde feminina deve ser olhado com atenção, principalmente neste momento em que o rastreamento e o tratamento foram prejudicados e ainda estão sendo retomados por conta da pandemia de Covid-19.

A prevenção e o diagnóstico precoce da doença são focos nas campanhas do Outubro Rosa e este ano será abordado o cuidado com a saúde feminina, bem como a vida após o Câncer de Mama.

Nós mulheres cada vez mais temos assumido múltiplas funções, assumindo peso e cargas muito pesadas sozinhas, além de lidarmos com uma sociedade profundamente machista, estruturalmente machista. Vamos nos deixando ‘de lado’ bem como nossa saúde: corremos muito, tentamos resolver todos os problemas que se nos apresentam, recebemos muitas cobranças e o tempo todo temos de provar nosso valor e ‘nossa capacidade’.

Que o mês de Outubro seja o mês que nos incentive ao auto-exame e prevenção ao Câncer de Mama, mas que seja o ponto de partida para que possamos nos olhar com mais carinho, com mais cuidado, que possamos separar um tempo para nós mesmas, para que possamos fazer o que gostamos, um tempo para que possamos conversar com as amigas, que não nos negligenciemos, isto é: nos alimentemos de forma saudável, façamos atividade física, tenhamos momentos de lazer e de descontração.

Encerro com o trecho de uma música, que considero uma homenagem à mulher: “Maria, Maria é um dom, uma certa magia, uma força que nos alerta, uma mulher que merece viver e amar, como outra qualquer do planeta. Maria, Maria é o som, é a cor, é o suor é a dose mais forte e lenta, de uma gente que ri, quando deve chorar e não vive, apenas aguenta, mas é preciso ter força, é preciso ter raça, é preciso ter gana sempre, quem traz no corpo a marca (...) mas é preciso ter manha, é preciso ter graça, é preciso ter sonho sempre, quem traz na pele essa marca, possui a estranha mania, de ter fé na vida (...)” Milton Nascimento

sophiarodovalho@rapidonoar.com.br

Outubro Rosa

Por Sophia Rodovalho
Já falamos do Setembro Amarelo, de sua importância, do quanto a atenção e o cuidado com a saúde mental salvam vidas e este mês, deveremos focaremos na PREVENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA.

O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama e foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

De acordo com a Veja Saúde, “A mensagem original do Outubro Rosa se voltava para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama. E sim: até hoje isso segue muito importante, até porque dados do Instituto Nacional de Câncer estimam 66 280 novos casos só em 2020. Mas, atualmente, esse mês também serve para reforçar medidas que melhoram a vida das mulheres que já sofrem com a doença. Além disso, dá a oportunidade de discutirmos a saúde feminina como um todo.”

O “Outubro Rosa 2020” tem como tema “Quanto antes melhor”, a ideia é chamar a atenção das mulheres para a adoção de um estilo de vida saudável no dia a dia, com a prática de atividades físicas e boa alimentação para evitar doenças, entre elas, o câncer de mama.

A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) oferece algumas dicas de hábitos para uma rotina saudável, que pode ajudar na prevenção ao Câncer de Mama:

1) Alimente-se bem e não fique muito tempo sem comer, ou seja, prefira comer de três em três horas, em pequenas quantidades, sempre priorizando os alimentos naturais e evitando os alimentos industrializados.

2) Evite o excesso de gorduras e carboidratos simples, como açúcar adicionado aos alimentos, doces, sucos de caixinha ou saquinho, refrigerantes, pão branco, macarrão, sempre preferindo as opções integrais.

3) Procure ingerir proteínas de boa qualidade, principalmente frutas, legumes e verduras por serem fontes de vitaminas e minerais essenciais e ricas em fibras que ajudam na saciedade e no funcionamento adequado do intestino.

4) Pratique exercícios físicos durante a semana. O ideal são 150 minutos de atividades físicas moderadas ou 75 minutos de atividades vigorosas divididas pelos dias da semana.

5) Planeje o seu dia alimentar e tente segui-lo.





A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) quer reforçar que há muita vida após o câncer de mama e que o cuidado com a saúde feminina deve ser olhado com atenção, principalmente neste momento em que o rastreamento e o tratamento foram prejudicados e ainda estão sendo retomados por conta da pandemia de Covid-19.

A prevenção e o diagnóstico precoce da doença são focos nas campanhas do Outubro Rosa e este ano será abordado o cuidado com a saúde feminina, bem como a vida após o Câncer de Mama.

Nós mulheres cada vez mais temos assumido múltiplas funções, assumindo peso e cargas muito pesadas sozinhas, além de lidarmos com uma sociedade profundamente machista, estruturalmente machista. Vamos nos deixando ‘de lado’ bem como nossa saúde: corremos muito, tentamos resolver todos os problemas que se nos apresentam, recebemos muitas cobranças e o tempo todo temos de provar nosso valor e ‘nossa capacidade’.

Que o mês de Outubro seja o mês que nos incentive ao auto-exame e prevenção ao Câncer de Mama, mas que seja o ponto de partida para que possamos nos olhar com mais carinho, com mais cuidado, que possamos separar um tempo para nós mesmas, para que possamos fazer o que gostamos, um tempo para que possamos conversar com as amigas, que não nos negligenciemos, isto é: nos alimentemos de forma saudável, façamos atividade física, tenhamos momentos de lazer e de descontração.

Encerro com o trecho de uma música, que considero uma homenagem à mulher: “Maria, Maria é um dom, uma certa magia, uma força que nos alerta, uma mulher que merece viver e amar, como outra qualquer do planeta. Maria, Maria é o som, é a cor, é o suor é a dose mais forte e lenta, de uma gente que ri, quando deve chorar e não vive, apenas aguenta, mas é preciso ter força, é preciso ter raça, é preciso ter gana sempre, quem traz no corpo a marca (...) mas é preciso ter manha, é preciso ter graça, é preciso ter sonho sempre, quem traz na pele essa marca, possui a estranha mania, de ter fé na vida (...)” Milton Nascimento

sophiarodovalho@rapidonoar.com.br
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!