Mulher denuncia irmã por causar queimada em mato seco na zona rural de Limeira

Uma mulher denunciou à Polícia Civil sua própria irmã por ter ateado fogo ao mato seco em uma propriedade rural na região da Rodovia que liga Limeira a Artur Nogueira, na tarde de segunda-feira (27).

Segundo ela, a fumaça teria feito mal à mãe delas, uma idosa, de 89 anos, que sofre com problemas respiratórios, como bronquite e falta de ar. Ela contou na delegacia de Polícia que a família mora em uma chácara e, ao colocar fogo no mato seco, a irmã causou mal à idosa, pois a fumaça invadiu sua residência.

A filha responsável pelo incêndio acabou conseguindo apagar sozinha o fogo cerca de duas horas mais tarde. Porém, indignada com a atitude, a irmã procurou o Plantão Policial horas mais tarde para registrar um boletim de ocorrência.

Compartilhe!