• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

A difícil arte de ser resiliente

Por Sophia Rodovalho
“Já caí inúmeras vezes, achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.” Clarice Lispector

“A resiliência é capacidade que temos de ser flexíveis em nossos pensamentos e comportamentos, nos momentos que estamos enfrentando as dificuldades turbulentas do dia a dia.” (SOBRARE)

A resiliência é uma habilidade que nos auxilia a passar pelas fases duras da vida, a partir de nossas crenças pessoais, adotando pensamentos e ações que nos possibilitam buscar soluções e encontrar saídas para as situações que se nos apresentam.

As crenças que embasam e tornam-se pilares da resiliência são estruturadas no desenvolvimento de nossas histórias de vida, durante nossa construção pessoal. São fruto de nossas relações com família, escola, amigos, conhecidos, são fruto de tudo o que ocorreu conosco ao longo da vida e como lidamos e avaliamos tudo o que se passou conosco e todas as nossas ações.

Uma história de vida que proporciona criar crenças flexíveis e adequadas, capacita para enfrentar as situações de adversidade com potencial para visualizar, compreender e tomar decisões que são apropriadas para superar as dificuldades que surgem nos mais em diferentes momentos de vida.

“Lá no sertão quem tem coragem pra suportar, tem que viver pra ter, coragem pra suportar e somente plantar, coragem pra suportar e somente colher, coragem pra suportar e mesmo quem não tem coragem pra suportar tem que arranjar também coragem pra suportar (...)” Gilberto Gil

De acordo com o Psicólogo Robert Brooks, “pessoas resilientes têm maior senso de controle sobre suas vidas, tornando-as mais dispostas a assumir riscos”.

Além disso, devido à sua visão otimista, elas são mais propensas a desenvolver e manter relações positivas com os outros, além de viverem vidas mais significativas.
Todos temos maneiras diferentes de gerenciar o estresse e, portanto, diferentes estratégias que podem levar a uma sensação de resiliência.

A resiliência é uma característica que pode ser amplamente desenvolvida, portanto, algumas ações nos auxiliam no desenvolvimento desta capacidade tão importante nos dias de hoje.

1) Mantenha-se flexível: As pessoas resilientes esperam enfrentar desafios em diferentes pontos de suas vidas. Dessa forma, eles são capazes de ajustar seus objetivos e encontrar maneiras de se adaptar.

2) Aprenda lições: “Quando você tem uma experiência negativa, concentre-se nas lições positivas que você pode aprender com isso”, diz Ani Kalayjian, psicóloga. Quando surge uma situação difícil, não se concentre em quem é culpado. Deixe de perguntar “por que eu?”. Assim, deixe de lado o papel de vítima. Então, pergunte-se o que você poderia fazer diferente na próxima vez para obter um resultado melhor.

3) Tenha atitude positiva: Pense sobre o que você pode fazer para melhorar sua situação e depois faça isso.
4) Mantenha-se conectado: Nutra seus relacionamentos com amigos e familiares. Então, quando você estiver passando por um momento difícil, não se afaste de outras pessoas. Inesperadamente, aceite a ajuda daqueles que se preocupam com você.

5) Libere a tensão: Certifique-se de ter alternativas para expressar suas emoções e aliviar a tensão. Escreva em um diário; desenhe; medite; dance ou cante; dentre outros.

6) Faça terapia: O processo de auto-conhecimento, contar com a análise crítica e ausente de julgamentos de um profissional qualificado contribui muito para a mudança de pensamentos, de sentimentos e de comportamentos;

7) Aprenda hábitos saudáveis: Exercite-se regularmente; mantenha uma dieta balanceada; leia um livro; reserve um tempo para descansar e assim por diante;

8) Acredite em si mesmo: Reconheça suas forças pessoais, acredite em si mesmo;

9) Sorria: Mantenha seu senso de humor mesmo diante tempos difíceis. O riso alivia o estresse. Sorrir aumenta a longevidade, contribui para manter o sistema imunológico forte, reduz a pressão arterial e ajuda o corpo a relaxar; e

10) Seja otimista: Uma perspectiva positiva e esperançosa tornará você muito mais resiliente. Lembre-se de que muitos dos problemas que você enfrentará na vida são temporários e que você superou os constrangimentos no passado.

Encerro esta coluna de hoje com um convite a reflexão a partir de um pensamento de Nelson Mandela: “A maior glória em viver não está em jamais cair, mas em nos levantar cada vez que caímos.”

A difícil arte de ser resiliente

Por Sophia Rodovalho
“Já caí inúmeras vezes, achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.” Clarice Lispector

“A resiliência é capacidade que temos de ser flexíveis em nossos pensamentos e comportamentos, nos momentos que estamos enfrentando as dificuldades turbulentas do dia a dia.” (SOBRARE)

A resiliência é uma habilidade que nos auxilia a passar pelas fases duras da vida, a partir de nossas crenças pessoais, adotando pensamentos e ações que nos possibilitam buscar soluções e encontrar saídas para as situações que se nos apresentam.

As crenças que embasam e tornam-se pilares da resiliência são estruturadas no desenvolvimento de nossas histórias de vida, durante nossa construção pessoal. São fruto de nossas relações com família, escola, amigos, conhecidos, são fruto de tudo o que ocorreu conosco ao longo da vida e como lidamos e avaliamos tudo o que se passou conosco e todas as nossas ações.

Uma história de vida que proporciona criar crenças flexíveis e adequadas, capacita para enfrentar as situações de adversidade com potencial para visualizar, compreender e tomar decisões que são apropriadas para superar as dificuldades que surgem nos mais em diferentes momentos de vida.

“Lá no sertão quem tem coragem pra suportar, tem que viver pra ter, coragem pra suportar e somente plantar, coragem pra suportar e somente colher, coragem pra suportar e mesmo quem não tem coragem pra suportar tem que arranjar também coragem pra suportar (...)” Gilberto Gil

De acordo com o Psicólogo Robert Brooks, “pessoas resilientes têm maior senso de controle sobre suas vidas, tornando-as mais dispostas a assumir riscos”.

Além disso, devido à sua visão otimista, elas são mais propensas a desenvolver e manter relações positivas com os outros, além de viverem vidas mais significativas.
Todos temos maneiras diferentes de gerenciar o estresse e, portanto, diferentes estratégias que podem levar a uma sensação de resiliência.

A resiliência é uma característica que pode ser amplamente desenvolvida, portanto, algumas ações nos auxiliam no desenvolvimento desta capacidade tão importante nos dias de hoje.

1) Mantenha-se flexível: As pessoas resilientes esperam enfrentar desafios em diferentes pontos de suas vidas. Dessa forma, eles são capazes de ajustar seus objetivos e encontrar maneiras de se adaptar.

2) Aprenda lições: “Quando você tem uma experiência negativa, concentre-se nas lições positivas que você pode aprender com isso”, diz Ani Kalayjian, psicóloga. Quando surge uma situação difícil, não se concentre em quem é culpado. Deixe de perguntar “por que eu?”. Assim, deixe de lado o papel de vítima. Então, pergunte-se o que você poderia fazer diferente na próxima vez para obter um resultado melhor.

3) Tenha atitude positiva: Pense sobre o que você pode fazer para melhorar sua situação e depois faça isso.
4) Mantenha-se conectado: Nutra seus relacionamentos com amigos e familiares. Então, quando você estiver passando por um momento difícil, não se afaste de outras pessoas. Inesperadamente, aceite a ajuda daqueles que se preocupam com você.

5) Libere a tensão: Certifique-se de ter alternativas para expressar suas emoções e aliviar a tensão. Escreva em um diário; desenhe; medite; dance ou cante; dentre outros.

6) Faça terapia: O processo de auto-conhecimento, contar com a análise crítica e ausente de julgamentos de um profissional qualificado contribui muito para a mudança de pensamentos, de sentimentos e de comportamentos;

7) Aprenda hábitos saudáveis: Exercite-se regularmente; mantenha uma dieta balanceada; leia um livro; reserve um tempo para descansar e assim por diante;

8) Acredite em si mesmo: Reconheça suas forças pessoais, acredite em si mesmo;

9) Sorria: Mantenha seu senso de humor mesmo diante tempos difíceis. O riso alivia o estresse. Sorrir aumenta a longevidade, contribui para manter o sistema imunológico forte, reduz a pressão arterial e ajuda o corpo a relaxar; e

10) Seja otimista: Uma perspectiva positiva e esperançosa tornará você muito mais resiliente. Lembre-se de que muitos dos problemas que você enfrentará na vida são temporários e que você superou os constrangimentos no passado.

Encerro esta coluna de hoje com um convite a reflexão a partir de um pensamento de Nelson Mandela: “A maior glória em viver não está em jamais cair, mas em nos levantar cada vez que caímos.”

INSTAGRAM

Loading interface...
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!