• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Tio é acusado de estuprar sobrinha de 11 anos em Cordeirópolis

Por Redação Rápido no Ar
Uma menina, de 11 anos, denunciou uma tentativa de estupro cometida pelo próprio tio, de 43 anos, na noite de sábado (1º), em Cordeirópolis. Uma irmã maior de idade foi quem fez a denúncia após saber que há cerca de um ano e meio o homem já teria consumado o estupro três vezes contra a criança.



De acordo com o Boletim de Ocorrência, a Guarda Civil Municipal foi chamada à residência onde a família estava e ouviu a jovem relatar que sua irmã teria sido vítima do tio. A menina contou que o homem teria oferecido dinheiro para que ela mantivesse relações sexuais com ele, durante uma festa que estaria ocorrendo na casa. Entretanto, a esposa do homem saiu do banheiro, frustrando o crime.

A menina contou aos GCMs que há cerca de um ano e meio o tio a estuprou, também oferecendo dinheiro, ainda que ela não tivesse aceitado. O Conselho Tutelar acompanhou o registro da ocorrência e a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) vai investigar e dar andamento no processo contra o homem.

Tio é acusado de estuprar sobrinha de 11 anos em Cordeirópolis

Por Redação Rápido no Ar
Uma menina, de 11 anos, denunciou uma tentativa de estupro cometida pelo próprio tio, de 43 anos, na noite de sábado (1º), em Cordeirópolis. Uma irmã maior de idade foi quem fez a denúncia após saber que há cerca de um ano e meio o homem já teria consumado o estupro três vezes contra a criança.



De acordo com o Boletim de Ocorrência, a Guarda Civil Municipal foi chamada à residência onde a família estava e ouviu a jovem relatar que sua irmã teria sido vítima do tio. A menina contou que o homem teria oferecido dinheiro para que ela mantivesse relações sexuais com ele, durante uma festa que estaria ocorrendo na casa. Entretanto, a esposa do homem saiu do banheiro, frustrando o crime.

A menina contou aos GCMs que há cerca de um ano e meio o tio a estuprou, também oferecendo dinheiro, ainda que ela não tivesse aceitado. O Conselho Tutelar acompanhou o registro da ocorrência e a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) vai investigar e dar andamento no processo contra o homem.
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!