• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Secretário de Cordeirópolis e mais 4 são presos pelo MP de Campinas

Por Fernando Covre
O Secretário de Serviços Públicos e presidente do Saae de Cordeirópolis (SP), Luiz Carlos Borges Machado da Silva (Luizinho do Saae) e mais 4 pessoas de alto escalão de prefeituras e empresas da região de Campinas (SP) e Piracicaba (SP), foram presos nesta segunda-feira (7), acusados de envolvimento em fraudes em concursos públicos, falsidade ideológica e corrupção.

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público (MP) de Campinas é o responsável pela operação que começou na manhã desta segunda como foi mostrado aqui no Rápido no Ar.

Segundo o MP, os 5 alvos que tiveram o pedido de prisão temporária cumpridos e mais 13 que receberam busca e apreensão estão localizados nas cidades de Campinas, Jaguariúna (SP), Holambra (SP), Cosmópolis (SP), Cordeirópolis, Santo Antônio de Posse (SP), Nova Odessa (SP), Bauru (SP) e São José do Rio Preto (SP).

OS PRESOS

Foram detidos por enquanto na operação cinco pessoas envolvidas em possíveis fraudes. Carlos Magno Lucon, diretor da Secretaria de Serviços Públicos de Santo Antônio de Posse. Lucas Gabriel Lopes, ex-secretário municipal de Obras e Serviços em Jaguariúna. Dimas Antonio Starnini, superintendente do Consórcio Intermunicipal de Saneamento Ambiental (Consab). Rosana da Graça Sciascia Ramos da Silva, sócia da Orhion Consultoria, empresa que organiza concursos públicos. Luiz Carlos Borges Machado da Silva, presidente do Saae e secretário de Serviços Públicos de Cordeirópolis.

Todos eles foram encaminhados para a 2ª Delegacia Seccional de Campinas. Seus computadores, documentos e aparelhos celulares que foram apreendidos, foram encaminhados para a sede do MP.


A PREFEITURA DE CORDEIRÓPOLIS

Em nota a Prefeitura de Cordeirópolis se posicionou sobre o caso e relatou uma possível quebra de contrato com a empresa responsável pelos concursos públicos.

"A Prefeitura Municipal de Cordeirópolis esclarece que o Ministério Público realizou na manhã desta segunda-feira (07) uma operação a respeito de concursos públicos promovidos pelo Consab, consórcio público sediado em Cosmópolis, que presta serviços em nossa cidade desde a gestão anterior.

É importante destacar que a operação não envolve licitações feitas pelo SAAE ou pela Prefeitura. O secretário responsável pela gestão deste contrato acompanhou os trabalhos do GAECO e foi conduzido para a delegacia de Campinas, temporariamente, para prestar esclarecimentos.

A Prefeitura Municipal de Cordeirópolis faz questão de destacar que está a disposição da justiça para contribuir com as investigações e por enquanto não tem como se manifestar de forma mais substancial pois ainda não teve acesso aos autos. Diante das circunstâncias, a administração pode vir a romper o contrato com a Consab, já que não compactua com qualquer tipo de irregularidade.

Secretário de Cordeirópolis e mais 4 são presos pelo MP de Campinas

Por Fernando Covre
O Secretário de Serviços Públicos e presidente do Saae de Cordeirópolis (SP), Luiz Carlos Borges Machado da Silva (Luizinho do Saae) e mais 4 pessoas de alto escalão de prefeituras e empresas da região de Campinas (SP) e Piracicaba (SP), foram presos nesta segunda-feira (7), acusados de envolvimento em fraudes em concursos públicos, falsidade ideológica e corrupção.

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público (MP) de Campinas é o responsável pela operação que começou na manhã desta segunda como foi mostrado aqui no Rápido no Ar.

Segundo o MP, os 5 alvos que tiveram o pedido de prisão temporária cumpridos e mais 13 que receberam busca e apreensão estão localizados nas cidades de Campinas, Jaguariúna (SP), Holambra (SP), Cosmópolis (SP), Cordeirópolis, Santo Antônio de Posse (SP), Nova Odessa (SP), Bauru (SP) e São José do Rio Preto (SP).

OS PRESOS

Foram detidos por enquanto na operação cinco pessoas envolvidas em possíveis fraudes. Carlos Magno Lucon, diretor da Secretaria de Serviços Públicos de Santo Antônio de Posse. Lucas Gabriel Lopes, ex-secretário municipal de Obras e Serviços em Jaguariúna. Dimas Antonio Starnini, superintendente do Consórcio Intermunicipal de Saneamento Ambiental (Consab). Rosana da Graça Sciascia Ramos da Silva, sócia da Orhion Consultoria, empresa que organiza concursos públicos. Luiz Carlos Borges Machado da Silva, presidente do Saae e secretário de Serviços Públicos de Cordeirópolis.

Todos eles foram encaminhados para a 2ª Delegacia Seccional de Campinas. Seus computadores, documentos e aparelhos celulares que foram apreendidos, foram encaminhados para a sede do MP.


A PREFEITURA DE CORDEIRÓPOLIS

Em nota a Prefeitura de Cordeirópolis se posicionou sobre o caso e relatou uma possível quebra de contrato com a empresa responsável pelos concursos públicos.

"A Prefeitura Municipal de Cordeirópolis esclarece que o Ministério Público realizou na manhã desta segunda-feira (07) uma operação a respeito de concursos públicos promovidos pelo Consab, consórcio público sediado em Cosmópolis, que presta serviços em nossa cidade desde a gestão anterior.

É importante destacar que a operação não envolve licitações feitas pelo SAAE ou pela Prefeitura. O secretário responsável pela gestão deste contrato acompanhou os trabalhos do GAECO e foi conduzido para a delegacia de Campinas, temporariamente, para prestar esclarecimentos.

A Prefeitura Municipal de Cordeirópolis faz questão de destacar que está a disposição da justiça para contribuir com as investigações e por enquanto não tem como se manifestar de forma mais substancial pois ainda não teve acesso aos autos. Diante das circunstâncias, a administração pode vir a romper o contrato com a Consab, já que não compactua com qualquer tipo de irregularidade.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!