• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Polícia Militar Rodoviária flagra motorista embriagado na Rodovia Anhanguera em Limeira

Por Roxane Regly
Um homem, de 58 anos, foi flagrado dirigindo embriagado na Rodovia Anhanguera, em trecho de Limeira (SP), na noite de quinta-feira (4). O estado foi comprovado com o teste do bafômetro. Além disso, ele tinha garrafas de cerveja abertas e ainda com bebida alcoólica no interior do carro.

Segundo o Boletim de Ocorrência, a Polícia Militar Rodoviária foi acionada pela concessionária Autoban, pois havia um carro parado no meio da rodovia. Funcionários da empresa removeram o veículo e o seu condutor estava ao lado. O teste do bafômetro constatou que o homem tinha 0,92 miligrama de álcool por litro de ar alveolar, quando a Lei Seca determina que a tolerância é zero.

Ele foi encaminhado ao Plantão Policial e aceitou oferecer uma amostra de sangue para exame toxicológico como contra prova, para garantir seu direito de defesa. O veículo foi liberado para um genro do homem. Ele deve ser investigado e pode responder por embriaguez ao volante, após o resultado do exame ser liberado.

Polícia Militar Rodoviária flagra motorista embriagado na Rodovia Anhanguera em Limeira

Por Roxane Regly
Um homem, de 58 anos, foi flagrado dirigindo embriagado na Rodovia Anhanguera, em trecho de Limeira (SP), na noite de quinta-feira (4). O estado foi comprovado com o teste do bafômetro. Além disso, ele tinha garrafas de cerveja abertas e ainda com bebida alcoólica no interior do carro.

Segundo o Boletim de Ocorrência, a Polícia Militar Rodoviária foi acionada pela concessionária Autoban, pois havia um carro parado no meio da rodovia. Funcionários da empresa removeram o veículo e o seu condutor estava ao lado. O teste do bafômetro constatou que o homem tinha 0,92 miligrama de álcool por litro de ar alveolar, quando a Lei Seca determina que a tolerância é zero.

Ele foi encaminhado ao Plantão Policial e aceitou oferecer uma amostra de sangue para exame toxicológico como contra prova, para garantir seu direito de defesa. O veículo foi liberado para um genro do homem. Ele deve ser investigado e pode responder por embriaguez ao volante, após o resultado do exame ser liberado.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!