• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Polícia Militar prende um e recupera joias avaliadas em mais de R$156 mil

Por Redação Rápido no Ar
A Polícia Militar prendeu um homem em flagrante e apreendeu mais de 1 mil itens – entre joias, relógios e alianças – avaliados em mais de R$ 156 mil, na manhã de quarta-feira (04). Os produtos haviam sido roubados de um estabelecimento comercial, na Rua Teodoro Sampaio, no bairro de Pinheiros, zona oeste da capital.

Os policiais do 23° Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) foram informados sobre a ocorrência e se deslocaram ao endereço, conseguindo capturar um dos criminosos.


Em duas mochilas que foram recuperadas, os policiais localizaram 952 anéis – entre alianças de ouro e prata –, 46 relógios, 24 brincos, 65 pingentes e 10 pulseiras todos em ouro, além de 12 caixas para armazenar relógios. As joias, avaliadas em R$ 156,2 mil, foram devolvidas ao proprietário.

O suspeito foi encaminhado para o 14° Distrito Policial, onde a ocorrência foi registrada, e reconhecido pelas vítimas. Ele permaneceu à disposição da Justiça.

Polícia Militar prende um e recupera joias avaliadas em mais de R$156 mil

Por Redação Rápido no Ar
A Polícia Militar prendeu um homem em flagrante e apreendeu mais de 1 mil itens – entre joias, relógios e alianças – avaliados em mais de R$ 156 mil, na manhã de quarta-feira (04). Os produtos haviam sido roubados de um estabelecimento comercial, na Rua Teodoro Sampaio, no bairro de Pinheiros, zona oeste da capital.

Os policiais do 23° Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) foram informados sobre a ocorrência e se deslocaram ao endereço, conseguindo capturar um dos criminosos.


Em duas mochilas que foram recuperadas, os policiais localizaram 952 anéis – entre alianças de ouro e prata –, 46 relógios, 24 brincos, 65 pingentes e 10 pulseiras todos em ouro, além de 12 caixas para armazenar relógios. As joias, avaliadas em R$ 156,2 mil, foram devolvidas ao proprietário.

O suspeito foi encaminhado para o 14° Distrito Policial, onde a ocorrência foi registrada, e reconhecido pelas vítimas. Ele permaneceu à disposição da Justiça.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!