Polícia mata criminoso e liberta mulher e bebê após assalto no Aeroporto de Viracopos em Campinas

Um dos criminosos que participou do roubou a uma empresa de transporte de valores, na manhã desta quinta-feira (17), no Aeroporto Internacional de Viracopos, morreu após fazer um bebê de 10 meses a mãe dele reféns em uma casa no Bairro Vida Nova, em Campinas (SP). O sequestro durou cerca de duas horas, e segundo o comandante do Gate, o sequestrador foi morto por um tiro de sniper.

A criança saiu ilesa e mãe foi socorrida pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros com um ferimento nas nádegas.

Outros dois bandidos morreram em confronto com a polícia.

A tentativa de assalto aconteceu no setor de cargas do Aeroporto, quando o bando tentou roubar a empresa de transporte de valores Brinks.

Dois seguranças foram baleados e levados para hospitais de Campinas. Durante a ação, a quadrilha ateou fogo em dois caminhões na Rodovia Santos Dumont (SP-79), principal acesso ao aeroporto. As duas pistas foram bloqueadas. O tráfego era intenso e houve pânico entre os usuários da rodovia.

De acordo com a administração do aeroporto, os bandidos usavam um veículo com as cores e características da Aeronáutica. Mesmo assim, a caminhonete foi parada, mas acelerou e rompeu o portão de acesso. Ainda com os pneus estourados pela grade de segurança, os criminosos seguiram para o terminal e atiraram contra os seguranças. Depois do ataque, eles conseguiram fugir.

Até o fim da manhã, não havia informação sobre valores roubados. A assessoria do aeroporto informou que os seguranças baleados foram socorridos e ainda eles buscavam informações sobre o estado de saúde dos funcionários.

Compartilhe!