Polícia estoura rinha onde era servido churrasco com carne de cachorro em SP

Carne de cachorro era servida para os criminosos.

A Polícia Civil do Paraná resgatou, em São Paulo, no município de Mairiporã, 19 cães que participavam de uma “rinha”. Os animais, da raça pitbull, eram incentivados a lutar entre si e foram encontrados com diversos ferimentos, como foi mostrado aqui no Rápido no Ar. No local era servido churrasco com carne de cachorro para os participantes.


Entre os envolvidos na luta entre cães estão veterinários, médicos, um policial militar e cinco estrangeiros. Quarenta pessoas foram detidas na noite de sábado (14), e levadas para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, em São Paulo.

As investigações começaram em Curitiba e em São José dos Pinhais com um treinador de pitbulls. A “rinha” era combinada em um grupo no aplicativo de WhatsApp.

De acordo com os agentes, um dos cachorros não sobreviveu em uma das lutas e foi servido como churrasco para os participantes. Os presos vão responder por associação criminosa e maus-tratos contra animais, com agravante de morte, e por jogos de azar.

Os cães que sobreviveram receberão todo o atendimento médico necessário e, depois de castrados e adestrados, irão para adoção.

Compartilhe!