• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

PM Ambiental desativa fábrica clandestina de palmito juçara em Eldorado

Por Redação Rápido no Ar
A Polícia Militar Ambiental descobriu, na última segunda-feira (30/3), uma fábrica clandestina de palmito juçara. Na ação, deflagrada na cidade de Eldorado, na região do Vale do Ribeira, mais de 180 quilos do produto foram apreendidos.

Depois de receberem uma denúncia anônima sobre a prática ilegal, as equipes foram até um sítio no bairro Turvo do Etá. No local, os policiais constataram a existência de um barracão nos fundos do terreno com diversos utensílios utilizados para a industrialização clandestina.

O proprietário do imóvel, um gesseiro de 25 anos, confessou o delito. No local foram apreendidos 105 potes de vidro de 1.800 gramas com palmitos, totalizando 189 quilos, além de outros 33 potes vazios e 62 tampas de metal. Também foram recolhidos um picador artesanal, faca, bacia e ácidos.

Todo o material foi encaminhado para perícia. O autor foi detido e levado à delegacia da cidade, onde foi autuado em flagrante com o agravante de ter cometido o ato em área de proteção ambiental.

PM Ambiental desativa fábrica clandestina de palmito juçara em Eldorado

Por Redação Rápido no Ar
A Polícia Militar Ambiental descobriu, na última segunda-feira (30/3), uma fábrica clandestina de palmito juçara. Na ação, deflagrada na cidade de Eldorado, na região do Vale do Ribeira, mais de 180 quilos do produto foram apreendidos.

Depois de receberem uma denúncia anônima sobre a prática ilegal, as equipes foram até um sítio no bairro Turvo do Etá. No local, os policiais constataram a existência de um barracão nos fundos do terreno com diversos utensílios utilizados para a industrialização clandestina.

O proprietário do imóvel, um gesseiro de 25 anos, confessou o delito. No local foram apreendidos 105 potes de vidro de 1.800 gramas com palmitos, totalizando 189 quilos, além de outros 33 potes vazios e 62 tampas de metal. Também foram recolhidos um picador artesanal, faca, bacia e ácidos.

Todo o material foi encaminhado para perícia. O autor foi detido e levado à delegacia da cidade, onde foi autuado em flagrante com o agravante de ter cometido o ato em área de proteção ambiental.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!