Pela primeira vez desde 2001, Capital de SP encerra mês sem nenhum caso de roubo a banco

A cidade de São Paulo fechou dezembro de 2019 sem nenhum caso de roubo a banco. Embora seja um mês de grande movimentação financeira, esse é o melhor resultado da série histórica iniciada pela SSP em 2001.

Esse tipo de crime atingiu o pico em 2005, com 28 ocorrências. O indicador oscilou para baixo nos três anos seguintes, com 13 casos em 2006, oito em 2007 e 13 novamente em 2008. A última alta foi registrada em 2013, quando aconteceram 11 ocorrências na Capital. Depois disso, o número caiu progressivamente até ser zerado no ano passado.

A meta da SSP e das polícias paulistas é repetir o resultado do último mês de 2019. Para alcançar esse objetivo, os agentes de segurança trabalham tanto na investigação quanto na prevenção ao crime, com diversas operações realizadas para coibir a ação de criminosos.

A SSP também divulgou hoje os indicadores criminais do Estado de São Paulo referentes a dezembro de 2019, fechando o ano. A taxa de homicídios também atingiu o menor patamar da série histórica na Capital (5,50/100 mil hab). Os registros de latrocínio caíram 28% no Estado durante o último ano. No interior, a queda do índice de latrocínio foi ainda maior: 30,3%.

Compartilhe!