• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Morre mulher espancada e esfaqueada em dezembro pelo companheiro em Limeira

Por Redação Rápido no Ar
Morreu na tarde de domingo (12) a ourives Rosemary Alves Mendes, de 42 anos, espancada e esfaqueada pelo companheiro José Ronaldo Olímpio, de 38 anos, no Jardim da Graminha, no início de dezembro passado.

O homem cometeu o crime brutal contra a mulher na noite do dia 1º de dezembro de 2019. Conforme divulgado à época, ele teria partido para agressões contra ela sem uma causa conhecida e depois da violenta ação ainda a esfaqueou na altura do umbigo.

Ele chegou a fugir do local, mas se entregou pouco depois na base da Guarda Civil Municipal no Jardim Aeroporto e foi preso em flagrante. Segundo o Boletim de Ocorrência registrado para informar a morte da mulher, o homem responderá por feminicídio.

Na noite do crime, Rosemary foi socorrida em estado gravíssimo pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ela permaneceu internada 42 dias lutando pela vida na Santa Casa de Limeira, onde não resistiu à brutalidade do ataque e faleceu às 15h35. Sua morte foi comunicada por um funcionário da funerária responsável pelo seu sepultamento.

Rosemary foi enterrada na manhã desta segunda-feira (13) no Cemitério Municipal de Limeira. Ela deixa três filhos.

Morre mulher espancada e esfaqueada em dezembro pelo companheiro em Limeira

Por Redação Rápido no Ar
Morreu na tarde de domingo (12) a ourives Rosemary Alves Mendes, de 42 anos, espancada e esfaqueada pelo companheiro José Ronaldo Olímpio, de 38 anos, no Jardim da Graminha, no início de dezembro passado.

O homem cometeu o crime brutal contra a mulher na noite do dia 1º de dezembro de 2019. Conforme divulgado à época, ele teria partido para agressões contra ela sem uma causa conhecida e depois da violenta ação ainda a esfaqueou na altura do umbigo.

Ele chegou a fugir do local, mas se entregou pouco depois na base da Guarda Civil Municipal no Jardim Aeroporto e foi preso em flagrante. Segundo o Boletim de Ocorrência registrado para informar a morte da mulher, o homem responderá por feminicídio.

Na noite do crime, Rosemary foi socorrida em estado gravíssimo pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ela permaneceu internada 42 dias lutando pela vida na Santa Casa de Limeira, onde não resistiu à brutalidade do ataque e faleceu às 15h35. Sua morte foi comunicada por um funcionário da funerária responsável pelo seu sepultamento.

Rosemary foi enterrada na manhã desta segunda-feira (13) no Cemitério Municipal de Limeira. Ela deixa três filhos.
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!