• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Miguel Lombardi é favorável à redução salarial dos parlamentares durante pandemia

Por Leticia Viganó
 

O deputado federal limeirense Miguel Lombardi se posicionou favorável à redução dos salários dos parlamentares no período de pandemia do novo coronavírus, o Covid-19. Miguel concedeu entrevista na quinta-feira (26) ao programa Conexão no Ar.

De acordo com Miguel, os parlamentares devem dar exemplo. “O Executivo, o Legislativo e o Judiciário devem dar exemplo. Sou favorável à redução do salarial. Há sugestões de corte de até 50%”, afirmou.

Miguel explicou ainda que, em sua opinião, os salários dos parlamentares deveriam ser suspensos. “Deveria suspender até o problema passar. Não vai resolver o problema, mas devemos dar exemplo. Ficar por 90 dias sem salário, é o mínimo que a gente pode estar fazendo. Toda matéria que vier nesse sentido, sou favorável e isso tem que ocorrer nos três poderes”, afirmou.

De acordo com o deputado federal, com a redução dos salários, o dinheiro pode ser investido na saúde e ajudar a população que necessita. “Nesse sentido, apresentei um projeto para suspender os tributos federais das entidades sociais, porque elas não podem realizar atualmente os eventos beneficentes. Muitas entidades vivem disso”, finalizou.

Na Câmara dos Deputados, pelo menos quatro projetos que sugerem a redução salarial foram protocolados.

Miguel Lombardi é favorável à redução salarial dos parlamentares durante pandemia

Por Leticia Viganó
 

O deputado federal limeirense Miguel Lombardi se posicionou favorável à redução dos salários dos parlamentares no período de pandemia do novo coronavírus, o Covid-19. Miguel concedeu entrevista na quinta-feira (26) ao programa Conexão no Ar.

De acordo com Miguel, os parlamentares devem dar exemplo. “O Executivo, o Legislativo e o Judiciário devem dar exemplo. Sou favorável à redução do salarial. Há sugestões de corte de até 50%”, afirmou.

Miguel explicou ainda que, em sua opinião, os salários dos parlamentares deveriam ser suspensos. “Deveria suspender até o problema passar. Não vai resolver o problema, mas devemos dar exemplo. Ficar por 90 dias sem salário, é o mínimo que a gente pode estar fazendo. Toda matéria que vier nesse sentido, sou favorável e isso tem que ocorrer nos três poderes”, afirmou.

De acordo com o deputado federal, com a redução dos salários, o dinheiro pode ser investido na saúde e ajudar a população que necessita. “Nesse sentido, apresentei um projeto para suspender os tributos federais das entidades sociais, porque elas não podem realizar atualmente os eventos beneficentes. Muitas entidades vivem disso”, finalizou.

Na Câmara dos Deputados, pelo menos quatro projetos que sugerem a redução salarial foram protocolados.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!