• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Jovem é estuprada após festa estudantil em Limeira

Por Redação Rápido no Ar
Uma estudante, de 18 anos, informou à Polícia Militar (PM) ter sido estuprada por outro estudante na madrugada de sábado (10), em Limeira (SP). Eles teriam acabado de sair de uma festa em um clube da cidade.

Os estudantes teriam contratado um ônibus para ir até o evento e, na volta, ela relatou que estaria muito alcoolizada e acabou se sentando em um lugar vago ao lado do rapaz, que até então ela desconhecia.

Uma amiga teria advertido o jovem a não tentar nada com ela, devido a estar muito embriagada. Entretanto, ela afirma que ao chegar ao ponto final, próximo à Unicamp, ele a teria levado até o apartamento onde mora, no Chácara Antonieta.

Segundo ela, o homem tentou insistentemente ter relações sexuais com ela, mesmo ela pedindo para parar. O jovem não teria usado preservativo e teria consumado o ato ainda que com a desaprovação da mulher.

Já pela manhã, ela relata que o homem teria chamado um veículo por aplicativo para que a jovem fosse embora. Ela não sabe dizer como ele tinha seu endereço.

A estudante relatou o ocorrido à própria mãe, moradora da cidade de São Paulo (SP), já na madrugada de domingo. A mulher levou a jovem a um hospital, onde ela precisou ser hospitalizada para passar pelos procedimentos médicos e exame de corpo de delito.

A jovem e sua amiga conseguiram, por meio de uma rede social, identificar o acusado de estupro e informaram a identidade à Polícia Militar. O caso foi apresentado no Plantão Policial e deve ser encaminhado para a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) para ser investigado.

Jovem é estuprada após festa estudantil em Limeira

Por Redação Rápido no Ar
Uma estudante, de 18 anos, informou à Polícia Militar (PM) ter sido estuprada por outro estudante na madrugada de sábado (10), em Limeira (SP). Eles teriam acabado de sair de uma festa em um clube da cidade.

Os estudantes teriam contratado um ônibus para ir até o evento e, na volta, ela relatou que estaria muito alcoolizada e acabou se sentando em um lugar vago ao lado do rapaz, que até então ela desconhecia.

Uma amiga teria advertido o jovem a não tentar nada com ela, devido a estar muito embriagada. Entretanto, ela afirma que ao chegar ao ponto final, próximo à Unicamp, ele a teria levado até o apartamento onde mora, no Chácara Antonieta.

Segundo ela, o homem tentou insistentemente ter relações sexuais com ela, mesmo ela pedindo para parar. O jovem não teria usado preservativo e teria consumado o ato ainda que com a desaprovação da mulher.

Já pela manhã, ela relata que o homem teria chamado um veículo por aplicativo para que a jovem fosse embora. Ela não sabe dizer como ele tinha seu endereço.

A estudante relatou o ocorrido à própria mãe, moradora da cidade de São Paulo (SP), já na madrugada de domingo. A mulher levou a jovem a um hospital, onde ela precisou ser hospitalizada para passar pelos procedimentos médicos e exame de corpo de delito.

A jovem e sua amiga conseguiram, por meio de uma rede social, identificar o acusado de estupro e informaram a identidade à Polícia Militar. O caso foi apresentado no Plantão Policial e deve ser encaminhado para a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) para ser investigado.
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!