• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Furtos e roubos de veículos aumentam em Limeira

Por Leticia Viganó
Os crimes que envolvem furtos e roubos de veículos aumentaram em Limeira (SP) no mês passado, conforme dados estatísticos da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), divulgados nesta semana. Por outro lado, os crimes que não envolvem veículos apresentaram queda. A comparação é com o mesmo período do ano passado.

Em fevereiro deste ano, foram registrados na cidade 12 casos de roubos de veículos, enquanto que no mesmo período do ano passado foram 7 registros, ou seja, aumento de 71%. Nesse tipo de crime, os bandidos agem com violência. Já nos furtos de veículo, quando o criminoso se aproveita de distração ou ausência da vítima, os casos passaram de 71 ocorrências em fevereiro do ano passado para 80 neste ano (aumento de 12%).

Enquanto os crimes que envolvem veículos aumentaram, os roubos e furtos de outros bens caíram na cidade no mesmo período. De acordo com a SSP, os roubos passaram de 84 em fevereiro do ano passado para 62 neste ano (redução de 35%). No mesmo período, os furtos foram de 223 ocorrências para 218, respectivamente. Neste caso, a queda foi de 2,2%.

POLÍCIA MILITAR
A Polícia Militar de Limeira informou que o aumento na subtração de veículos foi identificada pela corporação e, na 1ª Cia., unidade que atende, entre outros bairros, a região central, foi identificado aumento de 34 para 43 furtos de veículos. “Essa situação foi acompanhada e analisada para aprimoramento do policiamento preventivo, assim como os demais indicadores, que, mesmo tendo diminuído de 2019 para 2020, necessitam de estudos para melhorar os empenhos das viaturas da PM na prevenção e repressão à criminalidade em geral”, informou.

Ainda em relação aos furtos de veículos, a PM informou que diversas operações foram executadas. “Como bloqueios e saturação, visando combater este ilícito e evitar as vias de fuga desses criminosos. Não há descanso no enfrentamento do crime, sendo que a análise criminal é rotineira, a fim de, constantemente, aprimorarmos o policiamento preventivo na área da 1ª Cia PM”, completou o capitão Herlon de Paula, comandante da unidade.

Comandante da 5ª Cia., que abrange áreas como Morro Azul e Boa Vista, o capitão Costa Pereira informou que, para melhorar a atuação no combate aos crimes, o batalhão tem trabalhado para que seja integrado o Sistema Detecta, do Estado, com a muralha digital do município, que ainda não foi implantado porque depende de ação do Município – convênio nesse sentido já foi aprovado na cidade em março de 2017.

Com isso, diante de carros com suspeitas, a central da PM e as viaturas com tablets, de forma instantânea, serão alertadas da circulação de veículos subtraídos. “Há um trabalho paralelo da PM com administradores de condomínios e associações comerciais de Limeira, Iracemápolis e Cordeirópolis, para expor para eles como funciona essa ferramenta. Além de interligar câmeras de prefeituras, eles admitem a associação de câmeras de instituições sem fins lucrativos. Houve uma exposição no batalhão do Detecta, sobre o sistema, suas ferramentas e benefícios, e duas empresas administradoras de condomínio se interessaram. O Residencial Canaã já mandou ofício solicitando integração das câmeras do bairro com o Detecta e o representante foi em São Paulo numa reunião. Ele aguarda a visita de um técnico que irá avaliar as câmeras”, explicou.

POLÍCIA CIVIL
Delegado seccional de Limeira, Antonio Luís Tuckumantel informou a cidade vive uma fase boa em relação ao índice de violência. “A violência é baixa. Os roubos de veículos saíram da normalidade, mas a Polícia Civil, por meio do Garra, desempenha operações juntamente com a DIG, para identificar os autores dos roubos de veículos que ocorrem em Limeira”, descreveu.

Tuckumantel apontou também que o setor de inteligência da Seccional tem autuado nos casos. “Podemos ter certeza que os índices serão reduzidos. Fazemos levantamentos e preparamos ações conjuntas com a Polícia Militar. Esse tipo de crime vai cair nos meses subsequentes”, finalizou.

PREFEITURA DE LIMEIRA
Os dados foram enviados à Prefeitura de Limeira, que não se manifestou até a conclusão dessa reportagem.

Furtos e roubos de veículos aumentam em Limeira

Por Leticia Viganó
Os crimes que envolvem furtos e roubos de veículos aumentaram em Limeira (SP) no mês passado, conforme dados estatísticos da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), divulgados nesta semana. Por outro lado, os crimes que não envolvem veículos apresentaram queda. A comparação é com o mesmo período do ano passado.

Em fevereiro deste ano, foram registrados na cidade 12 casos de roubos de veículos, enquanto que no mesmo período do ano passado foram 7 registros, ou seja, aumento de 71%. Nesse tipo de crime, os bandidos agem com violência. Já nos furtos de veículo, quando o criminoso se aproveita de distração ou ausência da vítima, os casos passaram de 71 ocorrências em fevereiro do ano passado para 80 neste ano (aumento de 12%).

Enquanto os crimes que envolvem veículos aumentaram, os roubos e furtos de outros bens caíram na cidade no mesmo período. De acordo com a SSP, os roubos passaram de 84 em fevereiro do ano passado para 62 neste ano (redução de 35%). No mesmo período, os furtos foram de 223 ocorrências para 218, respectivamente. Neste caso, a queda foi de 2,2%.

POLÍCIA MILITAR
A Polícia Militar de Limeira informou que o aumento na subtração de veículos foi identificada pela corporação e, na 1ª Cia., unidade que atende, entre outros bairros, a região central, foi identificado aumento de 34 para 43 furtos de veículos. “Essa situação foi acompanhada e analisada para aprimoramento do policiamento preventivo, assim como os demais indicadores, que, mesmo tendo diminuído de 2019 para 2020, necessitam de estudos para melhorar os empenhos das viaturas da PM na prevenção e repressão à criminalidade em geral”, informou.

Ainda em relação aos furtos de veículos, a PM informou que diversas operações foram executadas. “Como bloqueios e saturação, visando combater este ilícito e evitar as vias de fuga desses criminosos. Não há descanso no enfrentamento do crime, sendo que a análise criminal é rotineira, a fim de, constantemente, aprimorarmos o policiamento preventivo na área da 1ª Cia PM”, completou o capitão Herlon de Paula, comandante da unidade.

Comandante da 5ª Cia., que abrange áreas como Morro Azul e Boa Vista, o capitão Costa Pereira informou que, para melhorar a atuação no combate aos crimes, o batalhão tem trabalhado para que seja integrado o Sistema Detecta, do Estado, com a muralha digital do município, que ainda não foi implantado porque depende de ação do Município – convênio nesse sentido já foi aprovado na cidade em março de 2017.

Com isso, diante de carros com suspeitas, a central da PM e as viaturas com tablets, de forma instantânea, serão alertadas da circulação de veículos subtraídos. “Há um trabalho paralelo da PM com administradores de condomínios e associações comerciais de Limeira, Iracemápolis e Cordeirópolis, para expor para eles como funciona essa ferramenta. Além de interligar câmeras de prefeituras, eles admitem a associação de câmeras de instituições sem fins lucrativos. Houve uma exposição no batalhão do Detecta, sobre o sistema, suas ferramentas e benefícios, e duas empresas administradoras de condomínio se interessaram. O Residencial Canaã já mandou ofício solicitando integração das câmeras do bairro com o Detecta e o representante foi em São Paulo numa reunião. Ele aguarda a visita de um técnico que irá avaliar as câmeras”, explicou.

POLÍCIA CIVIL
Delegado seccional de Limeira, Antonio Luís Tuckumantel informou a cidade vive uma fase boa em relação ao índice de violência. “A violência é baixa. Os roubos de veículos saíram da normalidade, mas a Polícia Civil, por meio do Garra, desempenha operações juntamente com a DIG, para identificar os autores dos roubos de veículos que ocorrem em Limeira”, descreveu.

Tuckumantel apontou também que o setor de inteligência da Seccional tem autuado nos casos. “Podemos ter certeza que os índices serão reduzidos. Fazemos levantamentos e preparamos ações conjuntas com a Polícia Militar. Esse tipo de crime vai cair nos meses subsequentes”, finalizou.

PREFEITURA DE LIMEIRA
Os dados foram enviados à Prefeitura de Limeira, que não se manifestou até a conclusão dessa reportagem.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!