Família confirma que corpo encontrado carbonizado é de motorista de aplicativo de Limeira

A família reconheceu nesta quinta-feira (16) que o corpo encontrado em um carro nesta quarta-feira (15), é da motorista de aplicativo Amanda Pereira Agustinho Giovanetti, de 29 anos, que desapareceu em Limeira (SP).

A mãe e o padrasto de Amanda estiveram no Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba (SP), onde reconheceram a jovem. Em seguida foram até à delegacia onde prestaram depoimento. As investigações continuam.

Foto: São Roque Notícias

A jovem foi encontrada morta, após o Corpo de Bombeiros ser acionado para atender uma ocorrência de um carro que teria se incendiado, e ao chegarem ao local encontraram um corpo carbonizado no banco de trás do veículo.

O carro estava com uma das portas abertas. A Polícia foi acionada e isolou a área para o trabalho da perícia técnica.

Compartilhe!