• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Estudante é preso por agredir a companheira após festa da virada em um bar em Limeira

Por Redação Rápido no Ar
Uma mulher, de 19 anos, foi agredida com chutes e socos pelo seu companheiro, um estudante, de 23 anos, na madrugada de quarta-feira (1º), no Jardim São Paulo, em Limeira (SP). Ela também foi ameaçada por ele com uma faca. A jovem precisou fugir de casa pulando o muro.

Ela buscou ajuda com a Polícia Militar, que prendeu o homem em flagrante por violência doméstica e lesão corporal. Segundo o Boletim de Ocorrência, quando os policiais militares chegaram à residência, um estudante, de 29 anos, também morador da residência, contou ter entrado no meio das agressões para ajudar a mulher a fugir e também ter sido agredido e ameaçado com a faca pelo colega.

O agressor foi encontrado no quarto e não teria esboçado nenhuma reação na presença da PM. Ele alegou apenas estar sob o efeito de bebida alcoólica, que seria também o motivo da briga. Eles teriam passado a virada do ano em um bar e após o evento teriam discutido.

Preso em flagrante, o homem foi levado à delegacia e, em seguida, encaminhado à carceragem local. As duas vítimas disseram querer que o homem seja processado na Justiça pelas ameaças e agressões.

Estudante é preso por agredir a companheira após festa da virada em um bar em Limeira

Por Redação Rápido no Ar
Uma mulher, de 19 anos, foi agredida com chutes e socos pelo seu companheiro, um estudante, de 23 anos, na madrugada de quarta-feira (1º), no Jardim São Paulo, em Limeira (SP). Ela também foi ameaçada por ele com uma faca. A jovem precisou fugir de casa pulando o muro.

Ela buscou ajuda com a Polícia Militar, que prendeu o homem em flagrante por violência doméstica e lesão corporal. Segundo o Boletim de Ocorrência, quando os policiais militares chegaram à residência, um estudante, de 29 anos, também morador da residência, contou ter entrado no meio das agressões para ajudar a mulher a fugir e também ter sido agredido e ameaçado com a faca pelo colega.

O agressor foi encontrado no quarto e não teria esboçado nenhuma reação na presença da PM. Ele alegou apenas estar sob o efeito de bebida alcoólica, que seria também o motivo da briga. Eles teriam passado a virada do ano em um bar e após o evento teriam discutido.

Preso em flagrante, o homem foi levado à delegacia e, em seguida, encaminhado à carceragem local. As duas vítimas disseram querer que o homem seja processado na Justiça pelas ameaças e agressões.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!