Concurso público de Limeira mantém válidas provas da manhã e remarca data para as que foram suspensas

A Prefeitura de Limeira informou nesta segunda-feira (3) que as provas do Concurso Público 1/2019 realizadas no domingo (2), no período da manhã, são válidas e devem seguir o cronograma de trabalho previsto para os cargos. Já as provas do período vespertino serão realizadas no dia 8 de março pelo Instituto Águia.

A decisão pela suspensão das provas previstas para serem realizadas na tarde de domingo foi do instituto. A empresa se comprometeu em fazer o ressarcimento dos prejuízos que os candidatos tiveram. “No momento, nossa preocupação é tranquilizar as pessoas que fizeram as provas no período da manhã. Elas estão válidas. E as pessoas que fariam no período da tarde, farão a prova em nova data”, frisou o prefeito de Limeira Mario Botion.

No início da noite de domingo, durante reunião realizada na Prefeitura, dois representantes da empresa, Barbara Rocha (gestão de projetos) e Luiz Vaitkevicius (gestão de infraestrutura), e secretários municipais acordaram que a nova data da realização das provas (prevista anteriormente para tarde de ontem) será 8 de março, às 14h. Os portões serão abertos às 13h e fechados às 14h, quando se iniciarão os trabalhos.

Confusão nas provas vespertinas causaram o cancelamento das provas.

A reunião ocorrida no início da noite de hoje foi determinada em caráter de urgência por Botion. Além dos representantes da empresa, participaram os secretários Luiz Alberto Battistella (Administração), Edison Moreno Gil (chefe de gabinete), Daniel de Campos (Assuntos Jurídicos), Antônio Peres (Comunicação Social), e o diretor de Gestão de Pessoas, Michel Azevedo Araújo.

Ontem o instituto já havia destinado à Prefeitura um relatório com os problemas que a levaram a suspender a aplicação das provas. Segundo a gestora Barbara Rocha, a decisão foi tomada pela empresa pelo fato de ter ocorrido atraso na entrega da alimentação dos fiscais. De acordo com o instituto, o atraso ocorreu por parte da empresa contratada para produção e entrega de alimentação, fazendo com que vários fiscais se evadissem dos locais de provas. Em comunicado emitido na noite desta segunda-feira, o instituto pede desculpas pelos transtornos causados aos candidatos (veja link abaixo para acessar o comunicado)

O relatório também havia sido solicitado ao Instituto Águia por Botion ainda no domingo e em caráter de urgência. No documento, a empresa assume a responsabilidade pelos transtornos causados aos candidatos. O instituto também informou que fará a restituição das despesas de todos os concorrentes que, mediante comprovação, solicitem formalmente o reembolso. Para tanto, os candidatos devem enviar um e-mail para candidato@institutoaguia.org.br A empresa informou que fará a restituição com base em comprovantes e em depósito bancário na conta do candidato.

Compartilhe!