• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Com crimes virtuais em alta, saiba como proteger seu celular

Por Estadão Conteúdo
Os smartphones se tornaram uma companhia muito mais importante nos dias do que familiares e amigos. Apesar da preferência os cuidados adotados em relação à segurança são bem poucos, tornando seu aparelho uma fonte de informações valiosas para pessoas mal intencionadas. Diante deste cenário é necessário garantir sua segurança, ou pelo menos reduzir o risco de possíveis invasões, e desta forma recomenda-se a adoção de algumas medidas.

Atenção à instalação de aplicativos

Esse cuidado é mais direcionado aos usuários do sistema operacional Android. Antes da instalação de qualquer app recomenda-se a leitura de suas recomendações e a busca de informações com mais detalhes na internet, para que o usuário certifique-se da integridade do app e de possíveis danos aos quais o aparelho possa ser exposto. Devido à flexibilidade do Google a presença de softwares maliciosos é constante, deixando seu ambiente suscetível à exposição de perigos. Sempre escolha os aplicativos oficiais independente de sua modalidade.

Backup de dados

Nem todos os usuários de smartphones, principalmente os latino-americanos, possuem o hábito de realizar backups dos dados armazenados nos aparelhos. Este procedimento é importantíssimo, principalmente quando o usuário se depara com situações como a queda do aparelho na água ou, simplesmente, é roubado.

Comunicar o roubo do equipamento

É fundamental que ao ter seu aparelho roubado, você comunique o ocorrido. A partir da comunicação as informações de seus smartphone são adicionadas a um banco de dados, que é compartilhado entre todas as operadoras de telefonia móvel, o que permite, por exemplo, a solicitação do bloqueio com base no IMEI do aparelho. Desta forma o bandido ficará impedido de utilizar e até mesmo comercializá-lo.

Conexões Bluetooth e Wireless

Sempre que estiver em locais públicos, ou ambientes que não conheça, mesmo que sejam fechados, procure desligar as conexões Wireless e Bluetooth. As conexões em locais públicos não costumam ter como prioridade qualquer nível de segurança, logo seu aparelho estará suscetível a invasões de hackers, sem nenhum tipo de dificuldade. Apesar da menor quantidade, as invasões através do Bluetooth tem aumentado constantemente nos últimos tempos.

Constante atualização do sistema operacional

É super-recomendado que o sistema operacional do aparelho esteja atualizado com a última versão disponibilizada pelo Google e Apple. As atualizações trazem consigo revisões que permitem aumentar a segurança de seu aparelho.

Controle de acesso dos apps

É frequente ao instalar aplicativos se deparar com a mensagem "Aplicativo X deseja acessar alguma informação" no aparelho utilizado. É de extrema importância que as permissões somente sejam concedidas se o funcionamento do aplicativo depender disso

Evitar jailbreaks ou root

Especialista sugerem que os procedimentos de jailbreaks ou roteamento, procedimentos de acesso a raiz de seu aparelho, sejam evitados. Se você for um profundo conhecedor destes procedimentos não haverá tanto problema ao executá-los, uma vez que estará ciente de suas consequências. Mas é recomendada a não utilização deles devido à fragilidade causada aos smartphones utilizados.

Proteção das contas na nuvem

Poucas pessoas tem conhecimento desta informação, mas é possível acessar as informações de seus smartphone através da nuvem (ICloud ou Google). Ao adquirir um smartphone é necessário cadastrar sua conta na nuvem de acordo com o sistema operacional instalado no aparelho. Logo, se uma pessoa descobrir suas credenciais de acesso à nuvem, conseguirá acessar informações confidenciais. Para garantir a segurança de sua conta, dê preferência pela autenticação em duas etapas, que consiste em confirmação e contra confirmação de dados.

Utilização de senhas

A utilização de senhas é um mecanismo importante para proteção de seu aparelho celular. Procure sempre lançar mão deste recurso, seja com números ou através do padrão de desbloqueio configurado nos aparelhos. Este é um procedimento básico e inicial que evitará que informações confidenciais presentes em seu smartphone sejam vistas por qualquer pessoa.

Com crimes virtuais em alta, saiba como proteger seu celular

Por Estadão Conteúdo
Os smartphones se tornaram uma companhia muito mais importante nos dias do que familiares e amigos. Apesar da preferência os cuidados adotados em relação à segurança são bem poucos, tornando seu aparelho uma fonte de informações valiosas para pessoas mal intencionadas. Diante deste cenário é necessário garantir sua segurança, ou pelo menos reduzir o risco de possíveis invasões, e desta forma recomenda-se a adoção de algumas medidas.

Atenção à instalação de aplicativos

Esse cuidado é mais direcionado aos usuários do sistema operacional Android. Antes da instalação de qualquer app recomenda-se a leitura de suas recomendações e a busca de informações com mais detalhes na internet, para que o usuário certifique-se da integridade do app e de possíveis danos aos quais o aparelho possa ser exposto. Devido à flexibilidade do Google a presença de softwares maliciosos é constante, deixando seu ambiente suscetível à exposição de perigos. Sempre escolha os aplicativos oficiais independente de sua modalidade.

Backup de dados

Nem todos os usuários de smartphones, principalmente os latino-americanos, possuem o hábito de realizar backups dos dados armazenados nos aparelhos. Este procedimento é importantíssimo, principalmente quando o usuário se depara com situações como a queda do aparelho na água ou, simplesmente, é roubado.

Comunicar o roubo do equipamento

É fundamental que ao ter seu aparelho roubado, você comunique o ocorrido. A partir da comunicação as informações de seus smartphone são adicionadas a um banco de dados, que é compartilhado entre todas as operadoras de telefonia móvel, o que permite, por exemplo, a solicitação do bloqueio com base no IMEI do aparelho. Desta forma o bandido ficará impedido de utilizar e até mesmo comercializá-lo.

Conexões Bluetooth e Wireless

Sempre que estiver em locais públicos, ou ambientes que não conheça, mesmo que sejam fechados, procure desligar as conexões Wireless e Bluetooth. As conexões em locais públicos não costumam ter como prioridade qualquer nível de segurança, logo seu aparelho estará suscetível a invasões de hackers, sem nenhum tipo de dificuldade. Apesar da menor quantidade, as invasões através do Bluetooth tem aumentado constantemente nos últimos tempos.

Constante atualização do sistema operacional

É super-recomendado que o sistema operacional do aparelho esteja atualizado com a última versão disponibilizada pelo Google e Apple. As atualizações trazem consigo revisões que permitem aumentar a segurança de seu aparelho.

Controle de acesso dos apps

É frequente ao instalar aplicativos se deparar com a mensagem "Aplicativo X deseja acessar alguma informação" no aparelho utilizado. É de extrema importância que as permissões somente sejam concedidas se o funcionamento do aplicativo depender disso

Evitar jailbreaks ou root

Especialista sugerem que os procedimentos de jailbreaks ou roteamento, procedimentos de acesso a raiz de seu aparelho, sejam evitados. Se você for um profundo conhecedor destes procedimentos não haverá tanto problema ao executá-los, uma vez que estará ciente de suas consequências. Mas é recomendada a não utilização deles devido à fragilidade causada aos smartphones utilizados.

Proteção das contas na nuvem

Poucas pessoas tem conhecimento desta informação, mas é possível acessar as informações de seus smartphone através da nuvem (ICloud ou Google). Ao adquirir um smartphone é necessário cadastrar sua conta na nuvem de acordo com o sistema operacional instalado no aparelho. Logo, se uma pessoa descobrir suas credenciais de acesso à nuvem, conseguirá acessar informações confidenciais. Para garantir a segurança de sua conta, dê preferência pela autenticação em duas etapas, que consiste em confirmação e contra confirmação de dados.

Utilização de senhas

A utilização de senhas é um mecanismo importante para proteção de seu aparelho celular. Procure sempre lançar mão deste recurso, seja com números ou através do padrão de desbloqueio configurado nos aparelhos. Este é um procedimento básico e inicial que evitará que informações confidenciais presentes em seu smartphone sejam vistas por qualquer pessoa.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!