Alunos falsificam histórico escolar para tentar matrícula em escola de ‘cursinhos’ em Limeira

Uma representante da Escola Estadual Professor Ely de Almeida Campos, no Centro de Limeira (SP), procurou a polícia nesta quarta-feira (18) para denunciar duas pessoas que tentaram forjar um histórico escolar com o nome da instituição. Os dois tentavam realizar a matrícula em uma escola de cursos preparatórios.

De acordo com as informações do representante, a instituição recebeu a ligação nesta terça-feira (17), de uma escola de cursos preparatórios da cidade, onde relatava que duas pessoas haviam apresentado um histórico escolar do Ely, mas como estava diferente de outros, era preciso confirmar com a escola.

Em averiguação, os representantes identificaram que um dos acusados, nunca estudou na escola e o outro não concluiu o ensino médio, ficando retido no último ano.

Ao analisar os supostos históricos, foi constatado que as assinaturas, da vice-diretora e também de uma gerente de ensino da instituição eram falsificadas. A ocorrência foi apresentada no 1º Distrito Policial de Limeira.

Compartilhe!