• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

População e PM se unem contra farra com motos em bairro novo de Limeira

Por Denis Martins
O Residencial Colinas do Engenho, que fica às margens da Rodovia João Mendes da Silva (SP-151), que liga Limeira a Iracemápolis, é um bairro novo, mas tem um problema já conhecido entre os poucos moradores do local: farra com motocicletas. Por conta disso, moradores se reuniram, procuraram a 5ª Cia. da Polícia Militar e, há pelo menos duas semanas, ações para conter as irregularidades têm sido feitas no local.


Comandante da unidade, o capitão Costa Pereira informou que todas as vezes que viaturas são encaminhadas ao bairro há apreensão de motos. “Há duas semanas, cinco motocicletas foram apreendidas. No final de semana mais recente, outros dois motociclistas foram abordados pelos policiais. Os motoqueiros se reúnem para fazer bagunça, empinar e fazer ‘zerinho’”, descreveu.

Morador do bairro, Vanderley Neves Silva informou que a situação no bairro estava complicada e até abaixo-assinado foi feito. “Os motoqueiros trafegam na contramão, fazem racha, empinam e as motos são barulhentas. Fizemos um abaixo-assinado e procuramos a 5ª Cia. e, a partir da ação da PM, o problema diminuiu muito”, contou.


Porém, apesar das ações, alguns motociclistas insistem em voltar ao local. “Assim que a PM sai do local, o pessoal volta e faz algazarra. Mas estamos esperançosos e acreditamos que, a longo prazo, com o trabalho da polícia, o problema será resolvido”, finalizou.

Vídeo feitos por moradores mostram parte do problema. Um deles foi registrado no final de semana e o outro, na noite desta segunda-feira (3). É possível ver motoqueiros empinando e também, nas imagens feitas à noite, a prática de racha entre eles.

Veja o vídeo:

População e PM se unem contra farra com motos em bairro novo de Limeira

Por Denis Martins
O Residencial Colinas do Engenho, que fica às margens da Rodovia João Mendes da Silva (SP-151), que liga Limeira a Iracemápolis, é um bairro novo, mas tem um problema já conhecido entre os poucos moradores do local: farra com motocicletas. Por conta disso, moradores se reuniram, procuraram a 5ª Cia. da Polícia Militar e, há pelo menos duas semanas, ações para conter as irregularidades têm sido feitas no local.


Comandante da unidade, o capitão Costa Pereira informou que todas as vezes que viaturas são encaminhadas ao bairro há apreensão de motos. “Há duas semanas, cinco motocicletas foram apreendidas. No final de semana mais recente, outros dois motociclistas foram abordados pelos policiais. Os motoqueiros se reúnem para fazer bagunça, empinar e fazer ‘zerinho’”, descreveu.

Morador do bairro, Vanderley Neves Silva informou que a situação no bairro estava complicada e até abaixo-assinado foi feito. “Os motoqueiros trafegam na contramão, fazem racha, empinam e as motos são barulhentas. Fizemos um abaixo-assinado e procuramos a 5ª Cia. e, a partir da ação da PM, o problema diminuiu muito”, contou.


Porém, apesar das ações, alguns motociclistas insistem em voltar ao local. “Assim que a PM sai do local, o pessoal volta e faz algazarra. Mas estamos esperançosos e acreditamos que, a longo prazo, com o trabalho da polícia, o problema será resolvido”, finalizou.

Vídeo feitos por moradores mostram parte do problema. Um deles foi registrado no final de semana e o outro, na noite desta segunda-feira (3). É possível ver motoqueiros empinando e também, nas imagens feitas à noite, a prática de racha entre eles.

Veja o vídeo:
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!