• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Pedreiro é flagrado com ave silvestre e arma de fogo ilegal em Limeira

Por Roxane Regly
Um pedreiro, de 32 anos, foi preso na noite de sábado (30) ao ser flagrado pela Polícia Militar transportando uma ave silvestre e uma espingarda calibre 28 no Jardim Lagoa Nova, em Limeira (SP).



O homem passou de carro pelos PMs algumas vezes, o que levantou suspeita de sua atitude. Ao ser abordado ele estava no carro com a mulher e duas crianças.

O animal, um passarinho silvestre conhecido como bigodinho, estava em uma gaiola e não tinha sinais de maus tratos. Apenas era um animal que não pode ser mantido em cativeiro sem autorização legal. Já a arma estava desmontada e tinha uma munição íntegra e 3 estojos do mesmo calibre.

Ele alegou que levaria o objeto e o animal para vender a uma pessoa que conheceu pela internet. O carro, que pertencia a um vizinho do indiciado, foi devolvido ao seu proprietário depois do registro da ocorrência.

Depois do registro da ocorrência, devido à situação de pandemia do novo coronavírus, não houve para onde levar o pássaro apreendido, por não haver abrigo que pudesse recebe-lo. Assim, o animal será devolvido ao pedreiro para que continue os cuidados com o pássaro.

Pedreiro é flagrado com ave silvestre e arma de fogo ilegal em Limeira

Por Roxane Regly
Um pedreiro, de 32 anos, foi preso na noite de sábado (30) ao ser flagrado pela Polícia Militar transportando uma ave silvestre e uma espingarda calibre 28 no Jardim Lagoa Nova, em Limeira (SP).



O homem passou de carro pelos PMs algumas vezes, o que levantou suspeita de sua atitude. Ao ser abordado ele estava no carro com a mulher e duas crianças.

O animal, um passarinho silvestre conhecido como bigodinho, estava em uma gaiola e não tinha sinais de maus tratos. Apenas era um animal que não pode ser mantido em cativeiro sem autorização legal. Já a arma estava desmontada e tinha uma munição íntegra e 3 estojos do mesmo calibre.

Ele alegou que levaria o objeto e o animal para vender a uma pessoa que conheceu pela internet. O carro, que pertencia a um vizinho do indiciado, foi devolvido ao seu proprietário depois do registro da ocorrência.

Depois do registro da ocorrência, devido à situação de pandemia do novo coronavírus, não houve para onde levar o pássaro apreendido, por não haver abrigo que pudesse recebe-lo. Assim, o animal será devolvido ao pedreiro para que continue os cuidados com o pássaro.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!