• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Padre é amarrado e agredido durante assalto à casa paroquial em Piracicaba

Por Fernando Covre
Um padre, de 52 anos, passou por momentos de pânico durante um assalto que aconteceu em sua casa no Jardim Itaicaba - conhecido como Ártemis, em Piracicaba (SP). O caso aconteceu na noite de sábado (7).

Segundo informações do pároco, ele celebrou a última missa na igreja, por volta de 19h30 e foi em uma festa na casa de um fiel. Ao retornar para a igreja, na casa paroquial, ele teria descido do carro para abrir o portão, quando dois homens se aproximaram e empurraram a vítima para dentro do imóvel.

O padre relatou que foi amarrado e ficou a todo tempo com uma arma apontada para sua cabeça, enquanto era agredido com diversos socos, tapas e chutes. Os criminosos perguntavam onde estaria o dinheiro, até que o sacerdote mostrou, então eles pegaram a quantia e fugiram com o carro da igreja, um Volkswagen Space Cross.

Para a polícia, o padre relatou que na semana passada havia realizado uma “festa do pastel” para angariar fundos e que os criminosos sabiam do dinheiro. De acordo com ele, a paróquia é humilde e não dispõe de muitos investimentos, tendo apenas duas funcionárias. Agora o padre irá usar seu salário para sanar as dívidas da paróquia.

"A gente se sente inseguro. Cheguei em casa às 3h, porque fui fazer o BO (boletim de ocorrência) na Polícia Civil. Chegando em casa, eu não dormi. Não consegui dormir" declarou.

Além do dinheiro e do veículo, os bandidos levaram cartões bancários do padre e documentos pessoais. A quantia exata levada pelos criminosos não foi informada. A ocorrência foi registrada na delegacia de plantão e agora o caso segue para investigação da Polícia Civil, para identificação dos envolvidos.

Padre é amarrado e agredido durante assalto à casa paroquial em Piracicaba

Por Fernando Covre
Um padre, de 52 anos, passou por momentos de pânico durante um assalto que aconteceu em sua casa no Jardim Itaicaba - conhecido como Ártemis, em Piracicaba (SP). O caso aconteceu na noite de sábado (7).

Segundo informações do pároco, ele celebrou a última missa na igreja, por volta de 19h30 e foi em uma festa na casa de um fiel. Ao retornar para a igreja, na casa paroquial, ele teria descido do carro para abrir o portão, quando dois homens se aproximaram e empurraram a vítima para dentro do imóvel.

O padre relatou que foi amarrado e ficou a todo tempo com uma arma apontada para sua cabeça, enquanto era agredido com diversos socos, tapas e chutes. Os criminosos perguntavam onde estaria o dinheiro, até que o sacerdote mostrou, então eles pegaram a quantia e fugiram com o carro da igreja, um Volkswagen Space Cross.

Para a polícia, o padre relatou que na semana passada havia realizado uma “festa do pastel” para angariar fundos e que os criminosos sabiam do dinheiro. De acordo com ele, a paróquia é humilde e não dispõe de muitos investimentos, tendo apenas duas funcionárias. Agora o padre irá usar seu salário para sanar as dívidas da paróquia.

"A gente se sente inseguro. Cheguei em casa às 3h, porque fui fazer o BO (boletim de ocorrência) na Polícia Civil. Chegando em casa, eu não dormi. Não consegui dormir" declarou.

Além do dinheiro e do veículo, os bandidos levaram cartões bancários do padre e documentos pessoais. A quantia exata levada pelos criminosos não foi informada. A ocorrência foi registrada na delegacia de plantão e agora o caso segue para investigação da Polícia Civil, para identificação dos envolvidos.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!