Mulher precisa fugir de casa após ex-companheiro preso por violência doméstica ser solto em Limeira

Uma mulher, de 32 anos, precisou da ajuda de um vigia noturno na madrugada desta quarta-feira (15) para sair de sua casa, no Jardim Águas da Serra, ao saber que seu ex-companheiro, de 36 anos, estaria descumprindo uma medida protetiva se aproximando dela e de seus filhos. Ele tinha acabado de ser solto, pois esteve preso desde sábado, quando a agrediu e fez a ela ameaças. A mulher obteve a medida protetiva desde então.

Ela esteve no Plantão Policial para registrar o descumprimento da medida e pedir ajuda na noite de terça-feira (14). Segundo relatou, seu ex-companheiro foi solto após familiares pagarem sua fiança. O Rápido no Ar já havia noticiado o caso, quando o homem agrediu a mulher com socos e chutes na presença da filha adolescente e feito ameaças de morte a ela.

Quando soube que o homem estava em frente à sua residência, nervoso, a mulher afirma ter tentado pedir socorro, assim como usar o aplicativo SOS Mulher, mas não obteve sucesso. Assim, pediu apoio ao vigia noturno, que teria avistado o homem na rua da casa dela e deixou o local para procurar a Polícia e em seguida se abrigar em outro local.

Compartilhe!