• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Isolamento social em SP se mantém abaixo do satisfatório

Por Redação Rápido no Ar
Dados do Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do governo paulista, divulgados hoje (22), mostram que o percentual de isolamento social no estado foi de 49% nesta quinta-feira (21). O resultado está abaixo do mínimo, estabelecido em 55%, considerado pelo governo paulista como satisfatório para diminuir a propagação do novo coronavírus e para evitar um colapso no sistema de saúde. A taxa considerada ideal é acima de 70%.

Na capital paulista, onde esta quinta-feira foi feriado antecipado da Consciência Negra, o isolamento foi de 52%, ainda abaixo do recomendado. Na quinta-feira anterior, dia 14, o índice de isolamento foi 49%.

O índice de isolamento é baseado em dados de telefonia móvel dos cidadãos, analisados pela SIMI. Segundo o governo do estado, a partir do monitoramento é possível apontar em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, inclusive com apoio das prefeituras.

O sistema conta com informações agregadas das operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM sobre o deslocamento das pessoas no estado. Os resultados detalhados podem ser acessados no site.

Isolamento social em SP se mantém abaixo do satisfatório

Por Redação Rápido no Ar
Dados do Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do governo paulista, divulgados hoje (22), mostram que o percentual de isolamento social no estado foi de 49% nesta quinta-feira (21). O resultado está abaixo do mínimo, estabelecido em 55%, considerado pelo governo paulista como satisfatório para diminuir a propagação do novo coronavírus e para evitar um colapso no sistema de saúde. A taxa considerada ideal é acima de 70%.

Na capital paulista, onde esta quinta-feira foi feriado antecipado da Consciência Negra, o isolamento foi de 52%, ainda abaixo do recomendado. Na quinta-feira anterior, dia 14, o índice de isolamento foi 49%.

O índice de isolamento é baseado em dados de telefonia móvel dos cidadãos, analisados pela SIMI. Segundo o governo do estado, a partir do monitoramento é possível apontar em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, inclusive com apoio das prefeituras.

O sistema conta com informações agregadas das operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM sobre o deslocamento das pessoas no estado. Os resultados detalhados podem ser acessados no site.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!