• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

IPEM-SP encontra irregularidades no peso de 55% dos produtos de inverno

Por Redação Rápido no Ar
O Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (IPEM-SP) realizou em todo o Estado a operação “Inverno”, que analisou em laboratório os produtos mais consumidos nesta época do ano. O material foi coletado pelas equipes de fiscalização em supermercados de pequeno, médio e grande porte.

A ação teve como objetivo verificar a fidelidade das indicações de quantidade descritas nas embalagens (peso e volume) de itens pré-medidos, ou seja, pesados sem a presença do consumidor, era correspondente ao peso real do produto.

Os laboratórios, localizados nas cidades de São Paulo, Bauru, Campinas, Ribeirão Preto, São Carlos e São José do Rio Preto, analisaram 67 produtos e encontraram peso menor que o indicado na embalagem de 37 itens (ou 55% do total). Confira a lista aqui.

Entre os itens coletados estavam preparos para fondue, chás, chocolates em geral, biscoitos, café, mel, sopas prontas, medicamentos (descongestionantes, xaropes etc) e lãs.

Os estabelecimentos autuados têm dez dias para apresentar a defesa ao órgão. De acordo com a lei federal 9.933/99, as multas podem chegar a R$ 1,5 milhão.

IPEM-SP encontra irregularidades no peso de 55% dos produtos de inverno

Por Redação Rápido no Ar
O Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (IPEM-SP) realizou em todo o Estado a operação “Inverno”, que analisou em laboratório os produtos mais consumidos nesta época do ano. O material foi coletado pelas equipes de fiscalização em supermercados de pequeno, médio e grande porte.

A ação teve como objetivo verificar a fidelidade das indicações de quantidade descritas nas embalagens (peso e volume) de itens pré-medidos, ou seja, pesados sem a presença do consumidor, era correspondente ao peso real do produto.

Os laboratórios, localizados nas cidades de São Paulo, Bauru, Campinas, Ribeirão Preto, São Carlos e São José do Rio Preto, analisaram 67 produtos e encontraram peso menor que o indicado na embalagem de 37 itens (ou 55% do total). Confira a lista aqui.

Entre os itens coletados estavam preparos para fondue, chás, chocolates em geral, biscoitos, café, mel, sopas prontas, medicamentos (descongestionantes, xaropes etc) e lãs.

Os estabelecimentos autuados têm dez dias para apresentar a defesa ao órgão. De acordo com a lei federal 9.933/99, as multas podem chegar a R$ 1,5 milhão.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!