• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Dória estende quarentena até 15 de junho e anuncia flexibilização gradual da economia a partir do dia 1º

Por Marcelo Alixandre
O Governador João Doria apresenta nesta quarta-feira (27), no Palácio dos Bandeirantes, a nova fase do Plano São Paulo, que prevê a retomada das atividades econômicas a partir de critérios técnicos.

Doria afirmou que estenderá até o próximo dia 15 de junho a quarentena no estado como medida de combate ao novo coronavírus - ou seja, mais 15 dias além da última restrição, que encerraria neste domingo (31). Porém haverá flexibilização gradual da economia a partir do dia 1º de junho. Assista:

"Estamos anunciando a retomada consciente a partir do dia primeiro de junho. A partir do dia 1º de junho, por 15 dias, manteremos a quarentena, porém, com uma retomada consciente de algumas atividades econômicas no estado de São Paulo", disse o governador.

.

"Ela será possível nas cidades que tiverem redução consistente do número de casos, disponibilidade de leitos em seus hospitais públicos e privados e estiverem obedecendo o distanciamento social nos ambientes públicos, além da disseminação e do uso obrigatório de máscaras", afirmou Doria.

Pelo plano, só poderão iniciar a retomada das atividades:
- As cidades que tiverem taxa de isolamento de pelo menos 55%;
- As cidades que tiverem redução no número de novos casos por 14 dias seguidos;
- As cidades que mantiverem ocupação nos leitos de UTI inferior a 60%.
- Com manutenção do distanciamento social nos ambientes públicos
- Uso obrigatório de máscaras

Dória estende quarentena até 15 de junho e anuncia flexibilização gradual da economia a partir do dia 1º

Por Marcelo Alixandre
O Governador João Doria apresenta nesta quarta-feira (27), no Palácio dos Bandeirantes, a nova fase do Plano São Paulo, que prevê a retomada das atividades econômicas a partir de critérios técnicos.

Doria afirmou que estenderá até o próximo dia 15 de junho a quarentena no estado como medida de combate ao novo coronavírus - ou seja, mais 15 dias além da última restrição, que encerraria neste domingo (31). Porém haverá flexibilização gradual da economia a partir do dia 1º de junho. Assista:

"Estamos anunciando a retomada consciente a partir do dia primeiro de junho. A partir do dia 1º de junho, por 15 dias, manteremos a quarentena, porém, com uma retomada consciente de algumas atividades econômicas no estado de São Paulo", disse o governador.

.

"Ela será possível nas cidades que tiverem redução consistente do número de casos, disponibilidade de leitos em seus hospitais públicos e privados e estiverem obedecendo o distanciamento social nos ambientes públicos, além da disseminação e do uso obrigatório de máscaras", afirmou Doria.

Pelo plano, só poderão iniciar a retomada das atividades:
- As cidades que tiverem taxa de isolamento de pelo menos 55%;
- As cidades que tiverem redução no número de novos casos por 14 dias seguidos;
- As cidades que mantiverem ocupação nos leitos de UTI inferior a 60%.
- Com manutenção do distanciamento social nos ambientes públicos
- Uso obrigatório de máscaras

INSTAGRAM

Loading interface...
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!