• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Cordeiropolense tem carro clonado e veículo falso era usado em crimes

Por Leticia Viganó
A Guarda Civil Municipal de Cordeirópolis (GCM) identificou que um morador da cidade teve seu carro, modelo Golf, clonado. O veículo falso trafegava no litoral paulista e o dono acabou detido.

A situação foi descoberta no dia 23, como explicou o GCM Leonardo Maximiliano. De acordo com ele, o sistema de monitoramento usado em Praia Grande (SP) é mesmo usado em Cordeirópolis. Com isso, o monitoramento inteligente apontou que dois carros com as mesmas placas circulavam simultaneamente em cidades diferentes. “Um dos veículos registrados transita em Cordeirópolis com frequência e o outro, na cidade de Praia Grande. Identificamos que o que circula em Cordeirópolis é o original”, explicou.

Após a troca de informações entre as GCMs das duas cidades, o motorista do veículo clonado foi abordado e, por meio do chassi, foi constatado que tratava-se de um carro roubado em julho de 2019. O carro ainda era usado em crimes. “O condutor do veículo foi preso em flagrante pela receptação. Ele também era procurado pela Justiça pelo Rio de Janeiro por outros crimes. Conseguimos tirar de circulação um veículo clonado, que poderia ser usado para outros delitos, gerar dezenas de multas para o proprietário do automóvel original e, ao mesmo tempo, prender um procurado pela Justiça”, completou.

O mesmo sistema que monitora as duas cidades é usado num total de 20 municípios da região de Campinas e que trocam informações em tempo

Cordeiropolense tem carro clonado e veículo falso era usado em crimes

Por Leticia Viganó
A Guarda Civil Municipal de Cordeirópolis (GCM) identificou que um morador da cidade teve seu carro, modelo Golf, clonado. O veículo falso trafegava no litoral paulista e o dono acabou detido.

A situação foi descoberta no dia 23, como explicou o GCM Leonardo Maximiliano. De acordo com ele, o sistema de monitoramento usado em Praia Grande (SP) é mesmo usado em Cordeirópolis. Com isso, o monitoramento inteligente apontou que dois carros com as mesmas placas circulavam simultaneamente em cidades diferentes. “Um dos veículos registrados transita em Cordeirópolis com frequência e o outro, na cidade de Praia Grande. Identificamos que o que circula em Cordeirópolis é o original”, explicou.

Após a troca de informações entre as GCMs das duas cidades, o motorista do veículo clonado foi abordado e, por meio do chassi, foi constatado que tratava-se de um carro roubado em julho de 2019. O carro ainda era usado em crimes. “O condutor do veículo foi preso em flagrante pela receptação. Ele também era procurado pela Justiça pelo Rio de Janeiro por outros crimes. Conseguimos tirar de circulação um veículo clonado, que poderia ser usado para outros delitos, gerar dezenas de multas para o proprietário do automóvel original e, ao mesmo tempo, prender um procurado pela Justiça”, completou.

O mesmo sistema que monitora as duas cidades é usado num total de 20 municípios da região de Campinas e que trocam informações em tempo

INSTAGRAM

Loading interface...
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!