Como se tornar um streamer de games: especialistas dão dicas para o sucesso

Seja pelo PC, videogame ou celular, assistir a alguém jogar se tornou algo tão legal quanto jogar de fato. Mais que isso, virou uma opção de carreira: é possível até ser remunerado com o streaming, como são chamadas as transmissões ao vivo de games.

No Brasil, o streaming cresce na esteira da popularização do eSport, esportes eletrônicos. Segundo estimativa da Newzoo, empresa de consultoria da área de jogos, o público que acompanha torneios profissionais de games no Brasil passa de 20 milhões – é a 3ª maior base de fãs do mundo.

Assim como aconteceu com os youtubers anos atrás, hoje os streamers ganharam muita popularidade. Porém, em plataformas como a Nimo TV, se sobressaem aqueles que sabem conduzir uma boa apresentação e engajar o público. Os streamers que conseguem angariar um bom número de fãs – e mantê-los atentos às transmissões – são (bem) remunerados por isso.

É uma brincadeira de gente grande: a Nimo TV, que chegou ao Brasil com o propósito de oferecer conteúdo de qualidade e divertir quem quer transmitir partidas ou assistir aos seus canais favoritos, foi criada pela Huya, um dos maiores serviços de streaming da China.

Em 2018, a Huya passou a ser listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), após receber investimento de US$ 460 milhões da Tencent, a maior empresa de jogos do mundo. Desde então, a empresa está expandido operações pelo mundo, e vê no Brasil um dos mercados mais estratégicos. “Vimos no Brasil um grande potencial no mercado de esportes eletrônicos e ainda mais em serviços de streaming”, comenta Lucas Peng, community manager da Nimo TV no Brasil.

Como começar
Para ajudar quem está querendo começar, veja dicas de alguns dos maiores streamers do Brasil:

1.Escolha o jogo certo
Uma das primeiras e mais importantes decisões de um futuro streamer é qual jogo transmitir. É importante pensar no potencial de audiência, mas precisa ser um game com o qual o streamer tenha empatia. É importante acompanhar seus canais favoritos e pensar qual jogo gostaria de transmitir gameplay. “É possível fazer streaming de praticamente todo e qualquer jogo, mas a maior parte dos canais escolhem games competitivos. Eu vi no Free Fire [game de tiro para celulares bastante popular no momento] a combinação de duas coisas que curto: diversão e ter o desafio de algo competitivo”, comenta El Gato, streamer de Free Fire na Nimo TV, onde tem mais de 500 mil seguidores.

2. O game na palma da mão
Nem todos fazem streaming de games do PC ou do videogame, e isso é muito bom. Com as conexões 4G cada vez melhores, apps como o da Nimo TV, possibilitam transmitir gameplays do seu próprio celular. Alguns dos jogos mais populares do momento, como Free Fire, PUBG Mobile e Brawl Stars, estão nas plataformas móveis. Isso aconteceu com o streamer El Gato, que percebeu a vantagem de fazer streaming de Free Fire pelo próprio celular. “É bem legal porque torna transmitir o gameplay ainda mais prático, sendo de qualquer lugar que estiver. É uma mistura de portabilidade e diversão”. Dentre os recursos do aplicativo da Nimo TV estão: “Ultra HD Broadcasting”, “Video Second Open”, “Full Link Monitoring” e “Mobile Streaming”, que permite a transmissão de sessões de gameplay ao vivo diretamente do aparelho mobile para o aplicativo da Nimo TV.

3.Conquistando a audiência
Uma vez em frente à câmera, é importante deixar a timidez de lado e “conectar-se” à sua audiência. Das primeiras vezes talvez não saia corretamente , mas o importante é ser verdadeiro, de preferência buscando cativar quem está assistindo. Streamers costumam ser bem comunicativos e esta é a alma de muitas transmissões. O MagroTV, streamer da Nimo TV com cerca 70 mil seguidores fiéis, acredita que “quando estiver na frente da câmera, não precisa ser tímido. Tem que se soltar, interagir com seus fãs e perguntar coisas simples, como qual música eles querem ouvir, entre outras coisas”.

4.Marketing pessoal
É fundamental pensar no layout do canal, do thumb aos títulos das streams, mas não vai adiantar muito se o material não for divulgado. Esse momento de início de canal foi algo muito importante para o Dilera, streamer de GTA V da Nimo TV. “Logo no começo crie perfis em todas as redes sociais que o público gamer acompanha (Twitter, Instagram e Facebook são as principais hoje em dia) e deixe-as sempre atualizadas com novidades do canal e interações com o público”. No Discord da Nimo TV há vários usuários da plataforma e um canal só para divulgar streams.

5. Um passo de cada vez
Nem sempre o sucesso é imediato, e isso é normal O Dilera começou a fazer stream de forma para se distrair e divertir ao mesmo tempo. “Comece como hobby, trate bem seus viewers, mesmo que sejam poucos. Seja sendo cordial, divertido e atencioso com seu público, e ele irá indicar sua live para outras pessoas. Assim você vai ficando conhecido”.

Compartilhe!