• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Carros aparecem após água baixar em pedreira do interior de SP

Por Redação Rápido no Ar
Pelo menos 15 carros foram encontrados na pedreira desativada em Salto de Pirapora, no interior de São Paulo.

A descoberta foi feita pela concessionária Águas de Araçoiaba na segunda-feira, 14, enquanto captava água para bombear para o Rio Pirapora. A Polícia Civil informou, por meio de nota, que trabalha para identificar a origem dos automóveis e os seus donos. Devem ser analisados os chassis dos veículos para saber as procedência.

Os veículos serão removidos do local para serem analisados e passarem por laudos periciais. Ainda não há prazo para remoção. Desde o início da investigação, a concessionária informou que retirou todo o seu material do local e abandonou a área, que é particular - pertence a uma fábrica de cimentos da região.

A pedreira tem cerca de 30 metros de profundidade. Por causa do período de seca na região, a concessionária foi contratada para bombear água do local e enviá-la o Rio Pirapora, que abastece Salto de Pirapora, Piedade e Araçoiaba da Serra.

O trabalho estava sendo realizado desde a última quarta-feira. No início da semana, quando a água baixou, foi possível ver alguns dos carros. Ainda há outros que estão submersos.

O interior paulista enfrenta uma grave seca. Estima-se que o Rio Pirapora esteja com 60% do seu volume. Além disso, a concessionária identificou despejo irregular de esgoto no manancial. O bombeamento da água da pedreira também tinha como objetivo ajudar na diluição desses dejetos.

Em 2012, duas pessoas morreram no mesmo lugar quando faziam um mergulho no lago da pedreira. O corpo dos dois homens só foi achado por equipes de resgate.

Por causa da seca, a cidade de Sorocaba começou ontem um rodízio no abastecimento de água. Os bairros Éden, Cajuru, Aparecidinha e a zona industrial serão afetados pela medida.


Carros aparecem após água baixar em pedreira do interior de SP

Por Redação Rápido no Ar
Pelo menos 15 carros foram encontrados na pedreira desativada em Salto de Pirapora, no interior de São Paulo.

A descoberta foi feita pela concessionária Águas de Araçoiaba na segunda-feira, 14, enquanto captava água para bombear para o Rio Pirapora. A Polícia Civil informou, por meio de nota, que trabalha para identificar a origem dos automóveis e os seus donos. Devem ser analisados os chassis dos veículos para saber as procedência.

Os veículos serão removidos do local para serem analisados e passarem por laudos periciais. Ainda não há prazo para remoção. Desde o início da investigação, a concessionária informou que retirou todo o seu material do local e abandonou a área, que é particular - pertence a uma fábrica de cimentos da região.

A pedreira tem cerca de 30 metros de profundidade. Por causa do período de seca na região, a concessionária foi contratada para bombear água do local e enviá-la o Rio Pirapora, que abastece Salto de Pirapora, Piedade e Araçoiaba da Serra.

O trabalho estava sendo realizado desde a última quarta-feira. No início da semana, quando a água baixou, foi possível ver alguns dos carros. Ainda há outros que estão submersos.

O interior paulista enfrenta uma grave seca. Estima-se que o Rio Pirapora esteja com 60% do seu volume. Além disso, a concessionária identificou despejo irregular de esgoto no manancial. O bombeamento da água da pedreira também tinha como objetivo ajudar na diluição desses dejetos.

Em 2012, duas pessoas morreram no mesmo lugar quando faziam um mergulho no lago da pedreira. O corpo dos dois homens só foi achado por equipes de resgate.

Por causa da seca, a cidade de Sorocaba começou ontem um rodízio no abastecimento de água. Os bairros Éden, Cajuru, Aparecidinha e a zona industrial serão afetados pela medida.


  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!