• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Apreensão de veículo pela “Lei do Pancadão” acaba em tumulto no Anavec em Limeira

Por Marcelo Alixandre
A apreensão de um veículo devido ao som alto, no final da noite desta sexta-feira (18), acabou em um tumulto generalizado no Jardim Anavec 2, em Limeira (SP). Um agente da Guarda Civil Municipal (GCM) ficou ferido e uma viatura foi danificada por populares.

Segundo a GCM, o agente Sobrinho e o supervisor Hansen se depararam com um Fiat Marea Weekend estacionado em frente a uma residência com o som acima do nível permitido. No local estava sendo realizado um churrasco devido a um aniversário e havia aglomeração de pessoas.



Quando os agentes realizaram a abordagem, informando que o veículo seria recolhido e o proprietário multado, houve um início de tumulto. O responsável pelo carro, se alterou, começou a desobedecer às ordens dos guardas e retirar o equipamento de som, alegando, segundo o boletim de ocorrência, que seria o “dono daquilo e que ninguém iria fazer a apreensão”. Ao mesmo tempo, ele pediu ajuda aos seus colegas e familiares que estavam no churrasco.

Neste momento, um outro jovem, de 20 anos, começou a jogar pedras e garrafas contra a viatura, atingindo um dos agentes. Diante do fato foi solicitado reforço de outras viaturas da GCM e apoio da Polícia Militar (PM).

Uma adolescente, de 17 anos, também ficou alterada, além de ofender os policiais e agentes públicos, foi em direção a um guarda, xingando e desferindo chutes. No mesmo momento um jovem, de 19 anos, começou a danificar o carro do amigo.



Devido ao número grande de pessoas e a confusão causada, foi necessário o uso progressivo de força e gás para conseguir afastar a multidão.

Após os agentes conseguirem acalmar a situação, o veículo foi recolhido ao pátio, o responsável pelo carro foi levado ao Plantão Policial, onde foi indiciado pelo crime de desobediência e por perturbação do sossego. O proprietário do Marea foi multado em R$ 1.326,50, pela “Leia do Pancadão”.

Um jovem foi preso em flagrante pela prática de crime de dano qualificado e lesão corporal dolosa. Outro jovem foi ouvido e liberado. A adolescente também foi levada ao plantão e denunciada por desacato e contravenção penal de vias de fato.



O responsável pelo veículo foi ouvido e liberado, após se comprometer a comparecer a todos os atos do processo. A adolescente foi ouvida e liberada ao irmão.

O guarda civil municipal passou por atendimento médico, onde foi constatado um ferimento no cotovelo direito. A viatura da GCM foi danificada em uma das portas.

Apreensão de veículo pela “Lei do Pancadão” acaba em tumulto no Anavec em Limeira

Por Marcelo Alixandre
A apreensão de um veículo devido ao som alto, no final da noite desta sexta-feira (18), acabou em um tumulto generalizado no Jardim Anavec 2, em Limeira (SP). Um agente da Guarda Civil Municipal (GCM) ficou ferido e uma viatura foi danificada por populares.

Segundo a GCM, o agente Sobrinho e o supervisor Hansen se depararam com um Fiat Marea Weekend estacionado em frente a uma residência com o som acima do nível permitido. No local estava sendo realizado um churrasco devido a um aniversário e havia aglomeração de pessoas.



Quando os agentes realizaram a abordagem, informando que o veículo seria recolhido e o proprietário multado, houve um início de tumulto. O responsável pelo carro, se alterou, começou a desobedecer às ordens dos guardas e retirar o equipamento de som, alegando, segundo o boletim de ocorrência, que seria o “dono daquilo e que ninguém iria fazer a apreensão”. Ao mesmo tempo, ele pediu ajuda aos seus colegas e familiares que estavam no churrasco.

Neste momento, um outro jovem, de 20 anos, começou a jogar pedras e garrafas contra a viatura, atingindo um dos agentes. Diante do fato foi solicitado reforço de outras viaturas da GCM e apoio da Polícia Militar (PM).

Uma adolescente, de 17 anos, também ficou alterada, além de ofender os policiais e agentes públicos, foi em direção a um guarda, xingando e desferindo chutes. No mesmo momento um jovem, de 19 anos, começou a danificar o carro do amigo.



Devido ao número grande de pessoas e a confusão causada, foi necessário o uso progressivo de força e gás para conseguir afastar a multidão.

Após os agentes conseguirem acalmar a situação, o veículo foi recolhido ao pátio, o responsável pelo carro foi levado ao Plantão Policial, onde foi indiciado pelo crime de desobediência e por perturbação do sossego. O proprietário do Marea foi multado em R$ 1.326,50, pela “Leia do Pancadão”.

Um jovem foi preso em flagrante pela prática de crime de dano qualificado e lesão corporal dolosa. Outro jovem foi ouvido e liberado. A adolescente também foi levada ao plantão e denunciada por desacato e contravenção penal de vias de fato.



O responsável pelo veículo foi ouvido e liberado, após se comprometer a comparecer a todos os atos do processo. A adolescente foi ouvida e liberada ao irmão.

O guarda civil municipal passou por atendimento médico, onde foi constatado um ferimento no cotovelo direito. A viatura da GCM foi danificada em uma das portas.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!