• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Após ser acusado de atropelar cão intencionalmente, jovem procura delegacia em Limeira

Por Roxane Regly
Um jovem, de 20 anos, esteve no Plantão Policial para relatar uma ocorrência que envolveu o atropelamento de um cachorro no Parque Belinha Ometto, na tarde de quarta-feira (18). Após o acidente, a proprietária do cão teria feito acusações contra ele na Internet.

O relato do jovem é que ele dirigia sua caminhonete Fiat Strada pela Avenida Prefeito Ari Levi Pereira, quando teria passado por algo que pensou ser um buraco. O rapaz afirma que parou o veículo para verificar, pois o para-choque teria ficado pendurado com o impacto.

A proprietária do cachorro teria o informado que ele atropelou o animal e trocado telefone para conversarem mais tarde a respeito dos cuidados necessários com o cão. Entretanto, ele afirma que uma amiga da mulher fez uma postagem em um grupo no Facebook o acusando de ter atropelado de forma intencional o cão.

O homem diz que procurou por mensagens a mulher e ela contou que o cão teria fugido de dentro de seu carro, por isso acabou sendo atropelado. Teria dito ainda que o motorista estava em alta velocidade. Entretanto, em seguida ela teria apagado as mensagens.

Para se defender, o condutor do carro afirma que não dirigia rapidamente, por causa da rua esburacada. Disse ainda ter 8 cachorros, 20 cabras e 3 cavalos, para justificar não ter intenção de ferir o cão. O caso foi apenas registrado na delegacia de Polícia e ninguém deve ser indiciado pelo fato.

Após ser acusado de atropelar cão intencionalmente, jovem procura delegacia em Limeira

Por Roxane Regly
Um jovem, de 20 anos, esteve no Plantão Policial para relatar uma ocorrência que envolveu o atropelamento de um cachorro no Parque Belinha Ometto, na tarde de quarta-feira (18). Após o acidente, a proprietária do cão teria feito acusações contra ele na Internet.

O relato do jovem é que ele dirigia sua caminhonete Fiat Strada pela Avenida Prefeito Ari Levi Pereira, quando teria passado por algo que pensou ser um buraco. O rapaz afirma que parou o veículo para verificar, pois o para-choque teria ficado pendurado com o impacto.

A proprietária do cachorro teria o informado que ele atropelou o animal e trocado telefone para conversarem mais tarde a respeito dos cuidados necessários com o cão. Entretanto, ele afirma que uma amiga da mulher fez uma postagem em um grupo no Facebook o acusando de ter atropelado de forma intencional o cão.

O homem diz que procurou por mensagens a mulher e ela contou que o cão teria fugido de dentro de seu carro, por isso acabou sendo atropelado. Teria dito ainda que o motorista estava em alta velocidade. Entretanto, em seguida ela teria apagado as mensagens.

Para se defender, o condutor do carro afirma que não dirigia rapidamente, por causa da rua esburacada. Disse ainda ter 8 cachorros, 20 cabras e 3 cavalos, para justificar não ter intenção de ferir o cão. O caso foi apenas registrado na delegacia de Polícia e ninguém deve ser indiciado pelo fato.

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!