• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Após morte de motorista, Chevrolet faz recall de airbag em Celta e Classic

Por Marcelo Alixandre
A Chevrolet comunicou que realizara um amplo recall do Celta e Classic após o airbag ter matado um condutor em um acidente de baixa velocidade em Aracaju (SE) ocorrido em janeiro deste ano.

A campanha de reparo começa no dia 5 de agosto e envolve 235.845 unidades produzidas entre 2012 e 2016. Os modelos afetados são equipados com airbags da Takata e podem sofrer com o rompimento do insuflador do dispositivo, projetando fragmentos metálicos contra os ocupantes.


Os veículos afetados possuem os seguintes intervalos de chassi:

Chevrolet Celta

Unidades produzidas entre 22 de agosto de 2012 a 15 de abril de 2015
Chassi (dígitos finais): DG124288 a GG100849

Chevrolet Classic
Unidades produzidas entre 4 de julho de 2012 e 10 de junho de 2016
Chassi (dígitos finais): DB186193 a GR160004

Visando reduzir custos, a empresa japonesa usou materiais inadequados na produção dos insufladores, que podem se degradar em ambientes úmidos após alguns anos e romper-se em acidentes.

Acidente


A Chevrolet foi acionada após Plínio Lobato morrer ao bater o veículo, uma Celta 2013, que conduzia na traseira de outro carro em baixa velocidade.

Ele foi atingido por uma peça metálica do airbag, que foi acionado com a colisão. O motorista não registou aos ferimentos.


O airbag é da marca Takata e já envolve entre 50 e 80 milhões de veículos, de acordo com diferentes órgãos.

A Chevrolet deverá convocar o recall em campanha nos próximos meses para o retorno dos veículos para a substituição das bolsas infláveis.

Após morte de motorista, Chevrolet faz recall de airbag em Celta e Classic

Por Marcelo Alixandre
A Chevrolet comunicou que realizara um amplo recall do Celta e Classic após o airbag ter matado um condutor em um acidente de baixa velocidade em Aracaju (SE) ocorrido em janeiro deste ano.

A campanha de reparo começa no dia 5 de agosto e envolve 235.845 unidades produzidas entre 2012 e 2016. Os modelos afetados são equipados com airbags da Takata e podem sofrer com o rompimento do insuflador do dispositivo, projetando fragmentos metálicos contra os ocupantes.


Os veículos afetados possuem os seguintes intervalos de chassi:

Chevrolet Celta

Unidades produzidas entre 22 de agosto de 2012 a 15 de abril de 2015
Chassi (dígitos finais): DG124288 a GG100849

Chevrolet Classic
Unidades produzidas entre 4 de julho de 2012 e 10 de junho de 2016
Chassi (dígitos finais): DB186193 a GR160004

Visando reduzir custos, a empresa japonesa usou materiais inadequados na produção dos insufladores, que podem se degradar em ambientes úmidos após alguns anos e romper-se em acidentes.

Acidente


A Chevrolet foi acionada após Plínio Lobato morrer ao bater o veículo, uma Celta 2013, que conduzia na traseira de outro carro em baixa velocidade.

Ele foi atingido por uma peça metálica do airbag, que foi acionado com a colisão. O motorista não registou aos ferimentos.


O airbag é da marca Takata e já envolve entre 50 e 80 milhões de veículos, de acordo com diferentes órgãos.

A Chevrolet deverá convocar o recall em campanha nos próximos meses para o retorno dos veículos para a substituição das bolsas infláveis.
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!