• Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Após bispo anunciar que manteria quarentena, diocese de Limeira decide liberar missas

Por Redação Rápido no Ar
Durante a tarde desta quarta-feira (3) a diocese de Limeira (SP), representada pelo bispo Dom José Roberto Palau, anunciou que pode flexibilizar missas presenciais, seguindo o decreto municipal de cada cidade que atua, além das normas da CNBB.

O anúncio vai ao contrário do que o próprio bispo chegou a anunciar cinco dias atrás, na última sexta-feira (29), quando se reuniu com o prefeito Mário Botion e anunciou que a igreja católica iria seguir a quarentena e seguir com as transmissões “ao vivo”. ((Confira a matéria))

Nesta quarta, a diocese emitiu nota afirmando que a igreja iria deixar a cargo de cada pároco, decidir se abrirá ou não os templos para receber os fiéis. A partir de agora, cada padre deverá anunciar se sua paróquia ira seguir com o isolamento social ou irá abrir as portas para missas e encontros presenciais (seguindo todas as restrições).

Confira a nota da diocese de Limeira na íntegra:

Dom José Roberto Fortes Palau, bispo diocesano de Limeira, comunica o retorno das celebrações eucarísticas com a presença de fiéis, seguindo alguns critérios:
1) Cada cidade da diocese deverá seguir os decretos municipais;
2) Nas cidades em que os decretos municipais permitem a flexibilização e o retorno das missas, as paróquias devem seguir as orientações das autoridades sanitárias municipais e também as orientações da CNBB;
3) As paróquias têm a liberdade de decidirem pelo retorno ou não das missas, dependendo da realidade de cada paróquia, devendo essa decisão ser tomada pelo pároco ou administrador paroquial.

Assessoria de Imprensa
Diocese de Limeira

Após bispo anunciar que manteria quarentena, diocese de Limeira decide liberar missas

Por Redação Rápido no Ar
Durante a tarde desta quarta-feira (3) a diocese de Limeira (SP), representada pelo bispo Dom José Roberto Palau, anunciou que pode flexibilizar missas presenciais, seguindo o decreto municipal de cada cidade que atua, além das normas da CNBB.

O anúncio vai ao contrário do que o próprio bispo chegou a anunciar cinco dias atrás, na última sexta-feira (29), quando se reuniu com o prefeito Mário Botion e anunciou que a igreja católica iria seguir a quarentena e seguir com as transmissões “ao vivo”. ((Confira a matéria))

Nesta quarta, a diocese emitiu nota afirmando que a igreja iria deixar a cargo de cada pároco, decidir se abrirá ou não os templos para receber os fiéis. A partir de agora, cada padre deverá anunciar se sua paróquia ira seguir com o isolamento social ou irá abrir as portas para missas e encontros presenciais (seguindo todas as restrições).

Confira a nota da diocese de Limeira na íntegra:

Dom José Roberto Fortes Palau, bispo diocesano de Limeira, comunica o retorno das celebrações eucarísticas com a presença de fiéis, seguindo alguns critérios:
1) Cada cidade da diocese deverá seguir os decretos municipais;
2) Nas cidades em que os decretos municipais permitem a flexibilização e o retorno das missas, as paróquias devem seguir as orientações das autoridades sanitárias municipais e também as orientações da CNBB;
3) As paróquias têm a liberdade de decidirem pelo retorno ou não das missas, dependendo da realidade de cada paróquia, devendo essa decisão ser tomada pelo pároco ou administrador paroquial.

Assessoria de Imprensa
Diocese de Limeira

INSTAGRAM

Loading interface...
© Rápido no Ar ® - O que acontece você vê!